Análise Oclusal



Baixar 11.59 Kb.
Encontro26.10.2017
Tamanho11.59 Kb.

Análise Oclusal

Oclusão refere-se aos contatos estáticos

O posicionamento e a oclusão dos dentes são extremamente importantes na função muscular. As atividades básicas de mastigação, deglutição e fala dependem grandemente não só da posição dos dentes nos arcos dentais, mas tam’bem do relacionamento com os dentes antagônicos, quando os dentes são levados a ocluir. A posição do dente é determinado pela largura do arco, tamanho do dente e pelas forças dos tecidos moles circundantes(Okeson,2002)

O "encaixe dental"(oclusão) é responsável pela posição do côndilo (cabeça da mandíbula) dentro da articulação. Ocluir os dentes mais para frente, para trás ou para os lados traz conseqüências para as ATM’s. O ideal é que a oclusão tenha um relacionamento adequado, para manter côndilo e disco articular harmônicos e bem posicionados entre si, a fim de que a articulação seja saudável(Okeson,2002).


Condição de oclusão ideal

Quando a boca se fecha, os côndilos estão na posição mais ântero-superior, apoiado nas vertentes posteriores das eminências articulares com os discos propriamente interpostos. Nesta posição há contatos homogêneos e simultâneos de todos os dentes posteriores Os dentes anteriores também contatam, porém mais levemente do que os dentes posteriores(Okeson,2002).

Todos os contatos dentais dirigem as forças oclusais para o longo eixo do dente

Relação cêntrica_ Côndilo fica mais ântero-superior na fossa articular, apoiado na vertente posterior da eminência articular com o disco articular em correta interposição

Os músculos ficam esqueletalmente estáveis

Disco adequadamente interposto

Oclusão central: contato máximo entre os dentes

Por conta dos elevadores da mandíbula


Oclusão Dental- Classe I

•Os dentes inferiores devem estar circunscritos pelos dentes superiores, em intercuspidação máxima

•Os incisivos superiores devem recobrir um terço dos incisivos inferiores (normoclusão)
má oclusão - é qualquer desequilíbrio no relacionamento intercúspides dos dentes, desfavorecendo um fechamento suave da mandíbula, da sua posição de repouso para a máxima intercuspidação
Oclusão Dental Classe II

•Recuo relativo da mandíbula, os molares superiores e inferiores perdem a distância normal de meio dente de defasagem.

•Classe II ( cabeça para frente, hiperlordose cervical )

divisão I: os incisivos estão orientados para frente, apresentam uma abertura anterior, à qual se associa uma disfunção lingual (overget)

••Recuo relativo da mandíbula, os molares superiores e inferiores perdem a distância normal de meio dente de defasagem.

•Classe II divisão II- Incisivos estão orientados para trás,com supraoclusão associada (overbite ou sobremordida)

•Oclusão Dental – Classe III

•Classe III: avanço da mandíbula para frente (prognatismo mandibular), com posição baixa da língua

cabeça para trás e a cervical retificada

Oclusão Dental – Mordida aberta

Posição de repouso (espaço funcional)- espaço livre de 1 a 2 mm

Língua toca a papila anteriormente


•Perda de um ou mais dentes, alteração nas forças atuantes sobre a região devido a parafunções, alterações posturais,etc; e restauração muito alta ou coroa de relevo oclusal defeituoso são exemplos de fatores anatomoclusais que podem levar a DTM.(Okeson,2002)
Definição:São guias dentais de contato no lado laterotrusivo(lado do trabalho) para desocluir o lado mediotrusivo(lado de balanceio) durante este movimento de lateralidade mandibular

Tipos:

1.Guia canina- toca canino com canino

2.Função parcial de grupo- toca incisivo lateral e canino, ou canino e primeiro pré-molar ou incisivo lateral, canino e primeiro pré-molar



3.Função de grupo- toca canino e todos os dentes subseqüentes


Observação: Quando a mandíbula se move em uma posição protrusiva, existem contatos dentais adequados dirigidos aos dentes anteriores para desocluir todos os dentes posteriores imediatamente

Na posição habitual, como para comer, os contatos dos dentes posteriores são mais pesados do que os contatos nos dentes anteriores (Okeson,2002)




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal