Análise dos produtos de exame anatomopatológicos de amigdalectomias no labotatório do hospital universitário da cidade de flor



Baixar 17.08 Kb.
Encontro28.10.2017
Tamanho17.08 Kb.

ANÁLISE DOS PRODUTOS DE EXAME ANATOMOPATOLÓGICOS DE AMIGDALECTOMIAS NO LABOTATÓRIO DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS
Nestor Antônio Ferraro ¹; Thiago Mamôru Sakae ²

1- Estudante do curso de medicina da Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL. Autor responsável, Unidade Hospitalar de Ensino, UNISUL - Av Marcolino Martins Cabral, s/n, anexo ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, CEP: 88701-900, Tubarão-SC.


2- Médico. Doutorando em Ciências Médicas - UFSC. Mestre em Saúde Pública – Epidemiologia – UFSC. Corpo docente da Universidade do Sul de Santa Catarina

Resumo

A amigdalectomia é uma das cirurgias mais realizadas no mundo, tanto em crianças quanto em adultos. Existe uma grande variedades de indicações, sendo a mais comum a obstrução das vias aéreas superiores. Para algumas instituições, é feito de maneira rotineira a análise histopatológica das peças cirúrgicas. Já em outras entidades, não fazem nenhuma análise das tonsilas e amigdalas retiradas cirurgicamente, pois afirmam que o custo benefício é negativo. A amigdalectomia é mais realizada no sexo masculino e na faixa pediátrica, sendo que a principal indicação foi de hipertrofia de tonsilas palatinas (grau III e IV, de acordo com a classificação de L. Brodsky) e infecção de repetição. E o achado predominante na microscopia foi a hiperplasia linfóide. O presente trabalho procurou mostrar as principais indicações cirúrgicas, alterações microscópicas freqüentes e a viabilidade do exame.



Palavras- chave: amigdalectomia, histopatológico, hipertrofias de amigdalas


  1. Introdução

As tonsilas palatinas são agregados linfóides com contato direito com o epitélio de revestimento do trato respiratório e digestivo e tem como função realizar uma resposta imune à antígenos aspirados ou deglutidos. Por isto, elas são alvos freqüentes de infecções. Em decorrência disto, tonsilectomia e amigdalectomia são uma das cirurgias mais realizadas em adultos e crianças, sendo que a infecção de repetição é a principal indicação. Apesar disso, os produtos das cirurgias não são analisadas para um diagnóstico anatomopatológico de rotina.




  1. Objetivos

O presente trabalho procurou relatar as principais alterações anatomopatológicas e indicações de pacientes submetidos à amigdalectomia no laboratório de patologia do Hospital Universitário-UFSC entre 1995-2007.





  1. Metódos

No presente trabalho, foi realizado um estudo transversal com revisão dos laudos de anatomopatológicos, não sendo incluídos no estudo os laudos de biópsia e prontuários incompletos. Os dados serão coletados por planilha confeccionada a partir de revisão da literatura. As variáveis coletadas serão: sexo, idade, indicação da cirurgia, classificação (hiperplasia folicular, hiperplasia linfóide, inflamação aguda e crônica), análise macroscópica e sinais de malignidade. As variáveis qualitativas serão testadas através do teste qui-quadrado ou prova exata de Fisher, quando apropriado. As variáveis quantitativas serão comparadas através do teste t-Student ou análise de variância (ANOVA), quando apropriado.



  1. Resultados

O presente estudo foi constituído por 03 amostras, onde se mostrou que: predomínio do sexo masculino, com idade de 5, 8, 12 anos. A cirurgia realizada nos três casos foi a tonsilectomia, onde a principal indicação foi a infecção de repetição e a hipertrofia grau III em dois pacientes e um grau IV no outro. Na macroscopia revelou que os três casos as tonsilas tinham edema, hipertrofia e abscessos pontuados em criptas tonsilares. Já na microscopia, os casos mostraram hiperplasia linfóide, edema generalizado e exsudato neutrófilico com fagócitos mononucleares. Não se verificou sinais de malignidades nos casos analisados.




5- Discussão
Na literatura atual mostra que a utilização rotineira de enviar o material para analise de histopatológia não é rentável uma vez que, o risco de neoplasia é raro. O presente estudo teve como limitação à escassez de dados, onde a conduta médica nos últimos anos é de não mandar os produtos cirúrgicos uma vez que o custo benefício é negativo, não sendo possível uma analise mais fidedigna e nem o cruzamento dos dados utilizando os testes citados na metodologia. E outra limitação foi o preenchimento incompleto dos prontuários.


  1. Referências


  1. Junqueira LC, Carneiro J. Histologia Básica 9ª ed. Rio de Janeiro:Guanabara Koogan; 1999. p. 242-3.

  2. Dolci JEL et al. Análise histológica de 24 tonsilas faríngeas de pacientes submetidos à adenoidectomia ou à adenoamigdalectomia. Rev Bras Otorrinolaringol 2002; 68(5): 615-8.

  3. Felix F et al. Avaliação da utilidade do exame histopatológico como rotina em tonsilectomias. Rev. Bras. Otorrinolaringol., Abr 2006, vol.72, no.2, p.252-255

  4. Dell'Aringa, Alfredo R. et al. Análise histopatológica de produtos de adenotonsilectomia de janeiro de 2001 a maio de 2003. Rev. Bras. Otorrinolaringol., Fev 2005, vol.71, no.1, p.18-22.

  5. Costa FN, Santos O, Wechx LLM, Pignatari SN. Estudosmicrobiológicos do core e superfície das amídalas palatinas em crianças portadores de faringoamigdalites de repetição e hipertrofia adenoamigdaliana. Rev Bras Otorrinolaringol 2003; 69(2): 181-4.

  6. Ikram M, Khan MA, Ahmed M, Siddiquit, Mian MY. The histopathology of routine tonsillectomy specimens: results of a study and review of literature. Ear nose J 2000; 79 ( 11 ) : 880-2.

  7. Younis RT, Hesse SV, Anaud VK. Evaluation of the utility and cost-effectiveness of obtaining histopathologic diagnosis on all routine tonsillectomy specimens.Laryngoscope 2001, 111 ( 12 ): 2166-9.

: junic -> 2009
2009 -> Análise osteobiológica comparativa de arcadas dentárias dos sepultamentos dos sítios samambaia II e galheta IV
2009 -> Levantamento dos fitoterápicos comercializados nas farmácias do município de tubarãO/SC
2009 -> IntroduçÃO: a ciência da nutrição tem como base a pirâmide alimentar, que preconiza, para um indivíduo saudável, o consumo alimentar diário de porções de frutas e porções de verduras e legumes
2009 -> Elaboração de um modelo computacional para diagnóstico do nível de daltonismo para usuários da web
2009 -> Práticas do ambulatório de oncologia do município de araranguá-sc na detecçÃo precoce do câncer de mama
2009 -> Nome do aluno
2009 -> Desenvolvimento de um protótipo para coleta de m
2009 -> Pesquisa e desenvolvimento de microorganismos para sistemas de tratamento de efluentes de suínos
2009 -> Protocolos iniciais para micropropagaçÃo de manjericão ocimum basilicum L
2009 -> Protocolos iniciais para micropropagaçÃo de hortelã




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal