Aal atm adaptation layer, camada de adaptação atm


Remote-procedure call, chamada de procedimento remoto



Baixar 5.88 Mb.
Página90/111
Encontro07.10.2019
Tamanho5.88 Mb.
1   ...   86   87   88   89   90   91   92   93   ...   111

Remote-procedure call, chamada de procedimento remoto. Fundamento tecnológico da computação cliente/servidor. Os RPCs são chamadas de procedimentos que são criadas ou especificadas pelos clientes e executadas nos servidores, com os resultados retornados pela rede para os clientes. Consulte também computação cliente-servidor.

RPM

Reverse Path Multicasting, multicast de caminho inverso. Técnica de multicast em que um datagrama multicast é encaminhado de todos os lugares menos da interface de recebimento, se essa interface for usada para encaminhar datagramas unicast para a fonte do datagrama multicast.

RS-232

Interface de camada física popular. Agora conhecida como EIA/TIA-232 . Consulte EIA/TIA-232.



RS-422

Implementação elétrica equilibrada de EIA/TIA-449 para transmissão de dados em alta velocidade. Agora conhecida juntamente com RS-423 como EIA-530. Consulte também EIA-530 e RS-423.



RS-423

Implementação elétrica desequilibrada de EIA/TIA-449 para obter compatibilidade com EIA/TIA-232. Agora conhecida juntamente com RS-422 como EIA-530. Consulte também EIA-530 e RS-422.



RS-449

Interface de camada física popular. Agora conhecida como EIA/TIA-449 . Consulte EIA/TIA-449.



rsh

Remote shell protocol, protocolo de shell remoto. Protocolo que permite que um usuário execute comandos em um sistema remoto sem ter que fazer o login no sistema. Por exemplo, o rsh pode ser usado para examinar remotamente o status de vários servidores de acesso sem se conectar a cada servidor de comunicação, executar o comando e depois se desconectar do servidor de comunicação.

RSP

Route/Switch Processor, processador de rota/switch. Módulo de processador usado nos roteadores da série Cisco 7500 que integra as funções do RP e do SP. Consulte também Cisco 7500, RP(Route Processor) e SP.

RSRB

Remote source-route bridging, fazer bridging da rota de fonte remota. SRB em links de WAN. Consulte também SRB.



RSUP

Reliable SAP Update Protocol, protocolo de atualização SAP confiável. Protocolo que economiza largura de banda desenvolvido pela Cisco para propagar informações de serviços. O RSUP permite que os roteadores enviem com confiabilidade pacotes Novell SAP padrão apenas quando os roteadores detectarem uma alteração nos serviços divulgados. O RSUP pode transportar informações de rede em conjunto com a função de roteamento de IGRP aperfeiçoado para IPX, ou independente dela.

RTMP

Routing Table Maintenance Protocol, protocolo de manutenção de tabela de roteamento. Protocolo de roteamento de propriedade da Apple Computer. O RTMP foi derivado do RIP. Consulte também RIP.

RTP

1.) Routing Table Protocol, protocolo de tabela de roteamento. Protocolo de roteamento VINES baseado em RIP. Distribui informações da topologia de rede e ajuda os servidores VINES a localizar clientes, servidores e roteadores próximos. Usa o atraso como uma métrica de roteamento. Consulte também SRTP.


2.) Rapid Transport Protocol, protocolos de transporte rápido. Fornece acompanhamento e recuperação de erros de dados APPN à medida que ele cruza a rede APPN. Com RTP, a recuperação de erros e o controle de fluxo são feitos ponto-a-ponto em vez de em cada nó. O RTP impede o congestionamento em vez de reagir a ele.

RTS

Ready To Send, pronto para envio. Sinal de controle EIA/TIA-232 que solicita uma transmissão de dados em uma linha de comunicação.

RTT

Round-trip time, tempo de ida e volta. Tempo necessário para que uma comunicação de rede viaje da fonte para o destino e volte. RTT inclui o tempo necessário para que o destino processe a mensagem da fonte e gere uma resposta. RTT é usado por alguns algoritmos de roteamento para ajudar no cálculo de rotas otimizadas.

RU



1   ...   86   87   88   89   90   91   92   93   ...   111


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal