Aal atm adaptation layer, camada de adaptação atm


AppleTalk Echo Protocol, protocolo de eco AppleTalk



Baixar 5.88 Mb.
Página3/111
Encontro07.10.2019
Tamanho5.88 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   111

AppleTalk Echo Protocol, protocolo de eco AppleTalk. Usado para testar a conectividade entre dois nós AppleTalk. Um nó envia um pacote para outro nó e recebe uma cópia, ou eco, desse pacote.

agente

1.)  Geralmente, o software que processa consultas e retorna respostas no lugar de um aplicativo.


2.)  No NMSs, processo que reside em todos os dispositivos gerenciados e informa os valores de variáveis especificadas para as estações de gerenciamento.
3.)  Na arquitetura de hardware da Cisco, uma placa processadora individual que fornece uma ou mais interfaces de meios.

AGS+

Roteador multiprotocolo high-end da Cisco otimizado para internetworks de grandes corporações. O AGS+ executa o software Cisco IOS e apresenta uma abordagem modular que fornece escalabilidade fácil e eficiente.



AIP

ATM Interface Processor, processador de interface ATM. A interface de rede ATM para roteadores de séries do Cisco 7000 projetada para minimizar o gargalo de desempenho na UNI. O AIP suporta a AAL3/4 e a AAL5. Consulte também AAL3/4, AAL5 e Cisco 7000.

AIS

Alarm indication signal, sinal de indicação de alarme. Em uma transmissão T1, um sinal todo composto de uns transmitido no lugar do sinal normal para manter a continuidade da transmissão e para indicar ao terminal receptor que existe uma falha de transmissão localizada no terminal que está transmitindo, ou no upstream desse terminal. Consulte também T1.

alarm indication signal

Consulte AIS.



alarme

Mensagem que notifica um operador ou administrador sobre um problema na rede. Consulte também evento e trap.



a-law

O padrão companding ITU-T usado na conversão entre os sinais analógicos e digitais em sistemas PCM. O a-law é usado principalmente em redes de telefone européias e se parece com o padrão mu-law norte-americano. Consulte também companding e mu-law.



algoritmo

Regra ou processo bem definido para encontrar uma solução para um problema. Na rede, os algoritmos são usados geralmente para determinar a melhor rota para o tráfego a partir de uma fonte específica para um destino específico.



algoritmo de árvore estendida (spanning tree algorithm)

Algoritmo usado pelo spanning tree protocol para criar uma árvore estendida. Às vezes abreviado como STA. Consulte também árvore estendida e protocolo de árvore estendida.



algoritmo de Dijkstra

Consulte SPF.



algoritmo de Nagle

Na verdade, dois algoritmos de controle de congestionamento separados que podem ser usados nas redes baseadas em TCP. Um algoritmo reduz a janela de envio. O outro limita os datagramas pequenos.



algoritmo de roteamento Bellman-Ford

Consulte algoritmo de roteamento de vetor de distância (distance vector).



algoritmo de roteamento de estado de link (link state)

Algoritmo de roteamento no qual cada roteador transmite ou faz a difusão seletiva das informações considerando o custo de se alcançar cada um de seus vizinhos para todos os nós na internetwork. Algoritmos de estado de link (link state) criam uma visualização consistente da rede e não são, portanto, sujeitos a loops de roteamento, mas eles obtêm isso pelo custo de tráfego mais estendido e pela dificuldade computacional relativamente maior (comparado com os algoritmos de roteamento de vetor de distância (distance vector)). Compare with algoritmo de roteamento de vetor de distância (distance vector). Consulte também algoritmo de Dijkstra.



algoritmo de roteamento do vetor de distância (distance vector)

Classe de algoritmos de roteamento que iteram no número de saltos em uma rota para encontrar o caminho mais curto. Os algoritmos de roteamento do vetor de distância (distance vestor) chamam cada roteador para enviar sua tabela de roteamento inteira em cada atualização, mas apenas para seus vizinhos. Os algoritmos de roteamento do vetor de distância (distance vector) podem ser propensos a loops de roteamento, mas são, em termos de computação, mais simples que os algoritmos de roteamento de link state. Também chamado de algoritmos de roteamento de Bellman-Ford. Consulte também algoritmo de roteamento de estado de link (link state) e SPF.



algoritmo Karn

Algoritmo que melhora a estimativa de tempo de ida e volta ajudando os protocolos da camada de transporte a distinguir entre amostras corretas e incorretas de tempo de ida e volta.



alias

Consulte entidade.



allowed cell rate

Consulte ACR.



alocação da largura de banda

Consulte reserva de largura de banda.



alternate mark inversion

Consulte AMI.



AM



1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   111


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal