A seguir, em novembro no cine-teatro de estarreja


º FESTIVAL DA CANÇÃO DA BANDA VISCONDE DE SALREU



Baixar 0.62 Mb.
Página3/13
Encontro18.09.2019
Tamanho0.62 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13

5º FESTIVAL DA CANÇÃO DA BANDA VISCONDE DE SALREU



[site oficial] www.bandaviscondesalreu.com

Arranjos e Direcção Musical do Maestro Afonso Alves

Suporte Musical : Banda Visconde de Salreu e convidados

Organização: Banda Visconde de Salreu


O 5º Festival da Banda Visconde de Salreu, tornou-se por mérito, obrigatório.
A Banda e 13 Músicos convidados (9 violinos, 2 violoncelos, 1 piano, 2 guitarras), irão acompanhar 10 canções inéditas, interpretadas por excelentes vozes, seleccionadas, e que justificam pela qualidade a sua presença!
E uma vez mais, a Banda, promove e divulga outra forma de arte o que – e dentro dos parâmetros do amadorismo – será uma boa alternativa para uma noite diferente.
Os arranjos musicais para as canções concorrentes, são do Maestro Afonso Alves .

SÁB 25 SET 21H30

MÚSICA | 2,5€ | 1,5€ C/DESC. HABITUAIS

Comemoração do XXXVI Aniversário do CCDV | 120MIN. [C/INTERVALO] | M/3

ORQUESTRA DO CCDV E ORQUESTRA PORTUGUESA DE GUITARRAS E BANDOLINS



[site oficial opgb] www.orquestra-bandolins.com

[site oficial ccdv] www.ccdv.pt

Maestro OPGB: António Vieira

Maestro Orquestra do CCDV: Arménio Pinto

Organização: CCDV


No âmbito das comemorações do seu XXXVI aniversário, o Clube Cultural e Desportivo de Veiros traz ao palco do CTE um espectáculo diferente e inovador, com a actuação da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins.
Trata-se de um projecto que visa a divulgação do bandolim em Portugal e o desenvolvimento da música de plectro. O seu repertório centra-se em composições para Orquestra de Plectro, nomeadamente de autores contemporâneos.
Na segunda parte do espectáculo, a Orquestra do CCDV, que completa vinte anos de existência, interpretará temas do seu mais recente repertório.

SÁB 02 OUT 22H00

DOM 03 OUT 16H00

DANÇA | TEATRO | 3,5€ | 2,5€ C/DESC. HABITUAIS

COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA | 60MIN. | M/12

A REPÚBLICA DANÇA



[site oficial centenário da república] www.centenariorepublica.pt

Direcção artística: Davide Venturini/Companhia TPO e Giacomo Scalisi

Co-criação e interpretação: Peter Michael Dietz e Nuno Nunes

Desenho digital: Rossano Monti

Desenho de som: Spartaco Cortesi

Desenho de luz: Cristovao Cunha

Técnico de imagem: Luis Bombico

Técnico de luz e som: Joaquim Madail

Figurinos: Ainhoa Vidal
Uma conspiração, uma manifestação, uma intenção de futuro... A revolução republicana através de uma breve narrativa fotográfica projectada numa grande cortina suspensa no ar, ganha vida e forma pelo movimento coreográfico de um dueto masculino.
A fotografia, a dança, a música e as novas tecnologias reúnem-se num projecto que utiliza imagens apelativas da história da I República para levarem ao público jovem e adulto, uma História contada com a energia do corpo em movimento.

TER 05 OUT 16H00

MÚSICA | ENTRADA LIVRE

COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA | M/3

LANÇAMENTO DE LIVRO

HOMENAGEM A UM REPUBLICANO DE ESTARREJA - FRANCISCO DE MOURA COUTINHO DE ALMEIDA D’ EÇA


GRUPO CORAL DOS CTT DE COIMBRA (2.ª PARTE)

Autor do Livro: Luís Augusto Eça de Matos



[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=5MNrqNx-vto

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=HMFtHUXv30o

As comemorações do Centenário da República são o mote ideal para a apresentação, em livro, da vida e da obra de um dos mais importantes Republicanos de Estarreja, Francisco de Moura Coutinho de Almeida D’Eça


Republicano e Democrata, desde muito jovem pugnou pelos ideais da verdadeira República, suportando sacrifícios e passando por dificuldades económicas, sempre de cabeça erguida na sua actividade política, sem esperar favores pessoais.

Ao lado de muitos outros nomes que marcaram o movimento republicano e político no início do século transacto, tais como, José Domingues dos Santos, Pedro Veiga, os irmãos Cal Brandão ou Manuel Figueiredo, Francisco de Almeida D’Eça soube sempre ajudar, quando lhe pediam, muitos destes seus correligionários.
Uma rara oportunidade para se escutar, na voz de seu neto, na primeira pessoa e em discurso directo, os relatos em jeito de memórias documentadas de muitos dos episódios e lutas travadas no início do século XX por este estarrejense que é, sem sombra de dúvida, uma das figuras centrais do Município.

Aproveitemos, pois, esta ocasião para cumprirmos um importante dever: o de limparmos o pó do tempo.


Os contactos que tive com o meu avô, a propósito da sua actividade política, aconteceram nos finais dos anos 60 e princípios dos anos 70, do passado século.

(...)

Lembrando-se de nomes e de datas com nitidez, o meu avô conseguiu que eu preenchesse cerca de 30 páginas dactilografadas, cheias de fervor republicano.

Já velho e alquebrado, nunca deixou de se manifestar.

Cego, pedia a seu filho Afonso que lhe escrevesse as cartas, manifestando sempre a sua posição de devotado e fiel republicano de sempre.

Sem nunca exigir recompensas.

E nunca as teve.

Luis Augusto Eça de Matos

SÁB 09 OUT 22H00

TEATRO | MÚSICA | 4€ | 2,5€ C/ DESC. HABITUAIS OU SÓCIOS D'ORFEU OU PORTADORES DE BILHETE DE OUTRO ESPECTÁCULO DO FESTIVAL O GESTO ORELHUDO

ROCK’N LOL SHOW | 90MIN. | M/3

EXTENSÃO DO FESTIVAL O GESTO ORELHUDO (D’ORFEU)

ELLIOT - O GLADIADOR DO HUMOR


(BÉLGICA)
[site oficial] http://www.elliotcomedy.com/

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=yXTuNlrH3wI

Autoria: Eric Jenicot e Remy Caccia

Encenação: Remy Caccia

Interpretação: Eric Jenicot

Músicos: Kraj e Rixen
Elliot, O Gladiador do Humor, é uma hora e meia de gargalhada contínua, de diálogo com o público, que acompanha de forma perfeita a sincronia entre o artista e a banda sonora.
Tempo para desfrutar de um espectáculo carregado de humor eléctrico, de contorções faciais e de um sentido de comédia visual que provém do teatro cómico, do cinema e da televisão.
Elliot reina com estilo próprio, no sano exercício do riso, em participações nos festivais mais importantes do mundo e aparições em televisão.

DOM 10 OUT 16H00

MÚSICA | 3€ | 1,5€ P/A +55 ANOS

EVENTO SÉNIOR INTEGRADO NO FESTIVAL SÉNIOR (ORG. EMDE) | 60MIN. | M/3


OS ELÉCTRICOS


APRESENTAM OS BONS VELHOS TEMPOS
[myspace] www.myspace.com/oselectricos

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=Yzm3A_Z8HVw

Voz: Maria João Silva

Contrabaixo: Nuno Faria

Bateria: Luís Gaspar

Guitarra eléctrica: Miguel Castro

Banjo e guitarra dobro: André Dal


A pop de ouro, ora charmosa ora descomprometida, ao estilo dos anos 40 e 50, é recuperada e renovada. Toca-se o swing, o fado, os blues, o ié ié, e até o rockabilly.
Em Os Eléctricos viaja-se por uma Lisboa de bairros, e de um Tejo intemporal. Reinventa-se um tempo e nunca se fica parado. É que Os Eléctricos, simplesmente não param. Da Graça aos Prazeres, pode-se e deve-se cantar, e também há espaço e renovadas oportunidades para dançar e improvisar. Revive-se nomes como Francisco José, Júlia Barroso, Tony de Matos, João Villaret, e Maria Clara, entre muitos outros.
Os Eléctricos são uma novíssima banda pop, com uma portugalidade bem bonita e assumida, estética revivalista, e um coração, enorme, onde cabem muitas músicas. Não é pois de admirar que num concerto deste grupo o Fado se junte ao Country, ou um Rock’n Roll convide uma Marcha Popular para a desgarrada, e um Tango dance com um Punk Rock à moda de Alvalade.
Mais se conta que os originais deste grupo, seguem uma linha estética algo vintage. O tema Anda Um Cupido a Voar, é disso um perfeito exemplo. Para muito breve haverá um álbum de estreia.

SÁB 16 OUT 22H00

MÚSICA | 1.ª PLATEIA 25€ | 2.ª PLATEIA 22€ |

1.º BALCÃO 20€ | 2.º BALCÃO 18€

GUARDE BILHETE E USUFRUA DESC. 5€ JOSÉ MÁRIO BRANCO (SÁB23OUT)

BILHETES À VENDA NO LOCAL, EM CTE.BILHETEIRAONLINE.PT E NAS LOJAS FNAC



EVENTO C/ SERVIÇO BABY SITTING | ATL P/A CRIANÇAS 4 A 10 ANOS [MARCAÇÃO PELO TEL. 234811300/ 925651668 ATÉ 2 DIAS ÚTEIS ANTES]

POP-ROCK | M/6


LLOYD COLE


SMALL ENSEMBLE
[site oficial] www.lloydcole.com

[myspace] www.myspace.com/lloydcolemusician

Voz, Guitarras, Banjo: Lloyd Cole

Guitarras, Bandolim, Voz: Mark Schwaber

Guitarras, Banjo: Matt Cullen

Após cerca de uma década de composição e concertos em nome próprio, numa estratégia de recolhimento auto-imposta, Lloyd Cole, imortalizado e elevado a estrela universal em 1984 pela fina pop do seu álbum de estreia Rattlesnakes, na companhia dos The Commotions, regressa agora em 2010 com o sincero desejo de voltar a ter gente por perto.
Pelo meio, nos anos 90, iniciou uma carreira a solo ainda perto da pop para que, no virar do milénio, se tivesse aventurado com os nova-iorquinos The Negatives, antes de passar, então, o resto da década naquele modo mais solitário, a gravar discos sozinho e em tonalidades marcadamente mais folk.
Lloyd Cole visita o CTE numa tournée europeia, onde será possível degustar novamente a sua nunca ausente veia rock and roll, agora em formato trio com os The Small Ensemble.

Traz-nos na bagagem o seu mais recente álbum Broken Record, uma edição da alemã Tapete Records que vê a luz do dia a 13 de Setembro do corrente ano.


Neste novo álbum, Lloyd Cole está igual a si mesmo e mostra que aos 49 anos o seu envelhecimento está a ser igual ao do Vinho do Porto. Neste álbum, onde ele canta, toca guitarra e banjo, é acompanhado por músicos fantásticos que pertencem ou pertenceram a grupos como os Scritti Politti, Joan as Policewoman, Anthony and the Johnsons, Crash Test Dummies, e, claro, os The Commotions ou os The Negatives.
Ao vivo, far-se-á acompanhar de Mark Schwaber (Spouse e Hospital) - guitarras e mandolim e Matt Cullen (The Sighs) - guitarras e banjo.
Ruidoso mas leve, preenchido com elementos rock, country, blue grass ou pop e polvilhado com os mais diversos instrumentos acústicos e eléctricos, assim resume Lloyd Cole sua última obra, confessando que não sabe se voltará a fazer um disco assim.

Mais que motivos, pois, para se assistir ao vivo a este assumido e desafiante virar de página na vasta e riquíssima carreira desta inconfundível voz britânica.


Broken Record is the freshest and most lively sounding record I‘ve heard from Lloyd in years! Though I totally love the gentle feel of the last few albums (Music In a Foreign Language being one of my all time favorites), I had almost forgotten how cool Lloyd sounds with a great band behind him. Oh, yeah...and truly excellent songs as well! Writers Retreat!... Wow, where does this stuff come from ????

Dirk Darmstaedter

SÁB 23 OUT 22H00

MÚSICA | 10€ | 7,5€ C/DESC. HABITUAIS | 5€ P/A +55 ANOS OU PORTADORES DE BILHETE LLOYD COLE

BILHETES À VENDA NO LOCAL, EM CTE.BILHETEIRAONLINE.PT E NAS LOJAS FNAC

CANTAUTOR | 60 MIN. | M/3

APRESENTAÇÃO CO-FINANCIADA PELA UE/ FEDER, QREN, MAIS CENTRO, INALENTEJO, POR LISBOA, O NOVO NORTE

CONCERTO INTEGRADO NO CENTENÁRIO DO CENTRO RECREATIVO DE ESTARREJA




1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal