A seguir, em novembro no cine-teatro de estarreja



Baixar 0.62 Mb.
Página10/13
Encontro18.09.2019
Tamanho0.62 Mb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13

CORSAGE



[myspace] www.myspace.com/corsage

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=nzN8k5_9k7A

Baixo: Pedro Temporão

Vocais e percussão: Henrique Amoroso

Teclados, Acordeão: Carlos A. Santos

Guitarra, trompete: Nuno Damião

Bateria: Nuno Castêdo


O som dos Corsage é um pop singular, de canções curtas, dançáveis, intensas, introspectivas. Uma revelação, agora no OuTonalidades.
“Os Corsage conseguem em Finito L'amore um conjunto de canções eficazes e capazes, safadamente pop e até aditivas (Dried Up, River Blues é um caso entre outros), conscientes da história da música pop - sobretudo o capítulo independente."

André Gomes in Blitz Junho 2009


SÁB 27 NOV 18H00

MÚSICA | 2,5€

COMEMORAÇÃO DO 50º ANIVERSÁRIO DA CIRES | M/3


A PAR D'ILHÓS

ORQUESTRA LIGEIRA C.C.D.V.

Organização: CIRES


QUA 01 DEZ 16H00 [FERIADO]

TEATRO DE REVISTA | 1.ª PLATEIA 20€ | 2.ª PLATEIA 17,5€ | BALCÃO 15€

150 MIN. [C/ INTERVALO] | M/6


É SÓ RIR!...


COM OCTÁVIO MATOS E NATALINA JOSÉ
[site oficial] www.c2e.pt  

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=GRrkKH13oCY

Concepção, encenação e direcção de actores: Octávio Matos

Elenco: Octávio Matos, Natalina José, Isabel Damatta, Paulo Oliveira e Rosete Caixinha

Cantores: Liliana Silva e Rosete Caixinha

Bailarinas coreografadas por José Taveira

Guarda-Roupa: atelier Maria Gonzaga

Cenografia: Projecções e adereços cenografados

Uma hilariante Produção no género de Teatro de Revista à Portuguesa, não montada a partir de textos originais, mas sim numa muito bem sucedida compilação de êxitos em quadros humorísticos de Revista à Portuguesa, que fizeram grande sucesso nos palcos dos Teatros do Parque Mayer de Lisboa nas décadas de 80 e 90, uns já então interpretados pelos principais elementos do elenco actual, outros por não menos prestigiados actores e actrizes que davam vida às grandes Revistas daquele espaço de Cultura.


Na escolha de textos para o formato É Só Rir!..., a Produção e a Direcção Artística omitiram intencionalmente todas as rábulas que tivessem como cariz principal a crítica política e social, privilegiando sim as de piadas potencialmente associadas à vivência do dia-a-dia de elementos de classes sociais diversificadas, próximas da realidade genuína da População Portuguesa.
A separar as rábulas de humor preponderantes desta Produção (e daí a justificação de seu título É Só Rir!...), foram introduzidos os temas musicais com interpretações a cargo de Liliana Silva e Rosete Caixinha, sendo suas presenças enriquecidas com a participação de elegantes bailarinas.
A fechar a Produção, um importante quadro de tributo às principais Figuras já desaparecidas deste tão importante e apreciado Género Artístico em Portugal, em que são visualmente recordados por fotografia os nomes dos que maiores aplausos arrancavam ao público dos Teatros do Parque Mayer de Lisboa.
Como solução para a sempre vital presença em palco de belos efeitos cenográficos, que em tournée poderiam ficar penalizados pelas diferentes características e dimensões dos palcos, a Produtora C2E optou pelo recurso às novas tecnologias, através da montagem de grande ecrã e projector de elevada potência, conseguindo assim uma constante mudança de efeitos cénicos em fundo de palco, com imagens sempre adequadas ao que esteja a ser interpretado pelo elenco de Actores e/ou Fadistas.
Também no guarda-roupa existiu especial cuidado na escolha e adaptação a cada quadro, com recurso a vasto conjunto de diferentes fatos, seleccionados no conceituado atelier da especialidade - Maria Gonzaga.
E porque os últimos aqui são efectivamente os primeiros em termos de importância nos êxitos que esta Revista tem vindo a conquistar em cada palco, resta-nos destacar o elenco de actores que participam na Produção É Só Rir!..., que garante ao público presente 2h30 de muitas gargalhadas e de um Espectáculo a não esquecer. E os 5 elementos vitais deste sucesso de Produção são: Rosete Caixinha, Paulo Oliveira, Isabel Damatta, a actriz convidada Natalina José, e por último, como Director Artístico, Encenador e Actor Principal, o tão popular actor Octávio Matos.

SEX 03 DEZ 23H00

MÚSICA | BAR CTE 2€ CONS.MÍNIMO | ENTRADA LIVRE PARA ESPECTADORES DO FILME OS MERCENÁRIOS

FOLK CELTA | 90 MIN. | M/3

OUTONALIDADES 2010

ICON VADIS



[myspace] www.myspace.com/iconvadis

[youtube] www.youtube.com/watch?v=Kdz0a8igJfk

www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&v=o3EeCGiLacI

[blog] iconvadis.blogspot.com

Acordeão: João Cascais

Voz, Guitarra: João Paulo Santos

Bateria: Jorge Branco

Thin Whistle, Gaita de Foles, Saxofone: Paulo Nunes

Voz, Violino, Bandolim: Pedro Martins

Baixo: Zé Tó Rodrigues

Música de inspiração celta, repertório que inclui temas originais bem como tradicionais irlandeses e versões de grupos como The Pogues e The Waterboys.


SÁB 04 DEZ 22H00

MÚSICA | 1.ª PLATEIA 7,5€ | 2.ª PLATEIA E BALCÃO 5€

PERCUSSÃO | COMÉDIA | 90MIN. | M/3


CRASSH


PLAYINGLIKE STOMP
[myspace] www.myspace.com/crasshconcert

[site brunoestima] brunoestima.com

Director artístico/músico: Bruno Estima

Músico: Miguel Estima, Fernando Tona, Gonçalo Garcia, Micael Lourenço, Nuno Ferreira, Carlos Bastos, David Valente, David Calhau, Luís Pedro, Roberto Carvalho, Cristiano Rios, João Bastos
Crassh é uma combinação única de percussão, movimento e comédia visual com 12 percussionistas sob a criação e orientação de Bruno Estima.

Projecto galardoado com o 1º lugar no concurso “TETRA 07 – projectos com pernas para andar” organizado pela associação d’Orfeu – Águeda e no concurso nacional “Jovens Criadores 08” tendo representado Portugal na Bienal Internacional 2008. No ano 08/09 cooperou com o serviço educativo da Casa da Música no projecto Sonópolis. Crassh foi também distinguido pela Aveiro FM com o troféu “Performance em Palco 2009”.

Em 2009 apresentou-se em mais de 20 concertos por todo o país e foram milhares de espectadores que viram os CRASSH, tendo em conta as várias performances televisivas.
O espectáculo apela a um grande leque de audiências, atraindo apaixonados pela percussão, música, comédia, dança, teatro, e a arte de representar, por si própria.

A sua mistura única de variadas formas de arte, tem atraído um vasto leque de públicos.

É um espectáculo universal para todas as idades, onde não existem quaisquer barreiras linguísticas e culturais.



A interacção com o público é um dos elementos mais explorados, tornando o público, por alguns momentos, co-artista. As expressões físicas e sonoras ligam-se na perfeição criando um espectáculo total, surpreendente e cativante.
Servidos por uma energia contagiante, uma representação energética e um humor a toda a prova, os Crassh provam que a arte não tem barreiras nem limites. Para eles, a beleza e a música são uma constante quotidiana, presente em tudo. Das botas aos baldes, das caixas de fósforos aos capacetes e vassouras, dos lava-loiça às revistas, tudo é motivo e base para o movimento e para o som.
“CRASSH playingLike Stomp” é um espectáculo pleno de interacção com o público e inovador na exploração cénica.
Musicalmente baseia-se no uso de utensílios do dia-a-dia e do corpo como instrumentos de percussão.
A interacção com o público é estabelecida pela proximidade dos músicos em determinados momentos e pela interacção musical, integrando o espectador nas músicas do espectáculo. Esta interacção, é um dos pontos que CRASSH leva muito a sério, chegando ao ponto, de entregar a cada espectador no início do espectáculo, “mini kit de instrumentos” (2 pedras e um balão), que serão usados como parte integrante da performance dos CRASSH.
O concerto tem a duração média de 1h e 30 minutos dos quais, 80% são obras originais e os restantes 20% são arranjos feitos por Bruno Estima de obras dos STOMP, Barbatuques e Emmanuel Sejourne.
CRASSH estreou-se com o espectáculo intitulado “CRASSH playingLike STOMP” no Estaleiro Teatral em Aveiro nos dias 23,24 e 25 de Janeiro de 2009 onde se veio a revelar um sucesso, a lotação esgotou nos três espectáculos e o feedback do público foi muito positivo. Desde então os concertos não têm parado, com cada vez mais fãs que repetem o concerto, pois todos os concertos conseguem ser diferentes.

CURRÍCULO | BRUNO ESTIMA (DIRECÇÂO ARTÍSTICA)

Bruno Estima iniciou os seus estudos em piano no Conservatório de Musica de Aveiro ingressando no 10º ano no curso de Percussão na Escola Profissional de Música de Espinho; é licenciado em Música (ensino de) área de Percussão pela Universidade de Aveiro. Participou durante e apósos estudos académicos em vários cursos/workshops/estágios de percussão e teatro, em 08/09 frequentou o “Curso de Animadores Musicais da Casa da Música – Porto 08”. Fez parte desde o início do (infelizmente) extinguido projecto Bach2Cage. É professor de Percussão na Escola de Artes da Bairrada e no Conservatório de Música da JOBRA, formador no serviço Educativo da Casa da Música e orientador pedagógico dos estagiários da Universidade de Aveiro (em percussão). Colabora assiduamente como percussionista na Orquestra das Beiras e pontualmente na Orquestra Nacional do Porto. É o fundador e director artístico dos Projectos Crassh, Beat2beat, b’Arts e do Concurso e Festival Ibérico “tum-pa-tum-pa”. Entre outros prémios, foi recentemente galardoado com o prémio “Jovens Criadores 2008” pelo IPJ com o projecto CRASSH.

PERCURSO | CRASSH

Maio de 2007 – vence o concurso “projectos com pernas para andar” TETRA 07 organizado pela associação cultural D’Orfeu – Águeda.

Maio de 2007 – Concerto na abertura da Feira das Associações - Oliveira do Bairro.

Junho de 2007 – Concerto no “festival SOLSTÍCIO” – Águeda. Agosto de 2007 – Concerto na “FIACOBA 08” – Oliveira do Bairro. Setembro de 2007 a Maio de 2008 – Preparação de novo espectáculo CRASSH. Junho 2008 – na sua categoria vence concurso “Carlos Marques 08” Agosto 2008 – participação no lançamento do Álbum dos “Gandamalucos” – Centro Cultural de Ílhavo. Agosto 2008 – Concerto nas Festas da Cidade de Sever do Vouga. Setembro 2008 – Um dos dois nomeados na categoria música no concurso nacional “Jovens Criadores 08”. Dezembro 2008 – Concerto – Murtosa.

Elementos

Fotos Janeiro 2009 – Concertos de Estreia do Espectáculo “CRASSH playng like CRASSH” – Estaleiro Teatral, Aveiro. Janeiro 2009 – Entrevistas/Reportagens nos programas: 3810 da RTP2, Aveiro TV, Canal UP, Aveiro FM e Top FM. Janeiro 2009 – inicia trabalhos no Projecto SONÓPOLIS 09” na Casa da Música. Março 2009 – mostra Internacional Jovens Criadores 08’’ – Lisboa. Março 2009 – Gala Diário das Beiras – Casino da Figueira da Foz. Abril 2009 – Concerto – Auditório da Banda 12 de Abril - Travassô - Águeda Abril 2009 – Concerto – Auditório Élio Martins - Oliveira do Bairro Maio 2009 – Concerto integrado na comemoração dos 250 anos de Aveiro. Maio 2009 – Gala Oeiras Futebol Clube – Coimbra. Junho 2009 – Gala Albercircus 09’’ Junho 2009 – Concerto Sonópolis , Casa da Música – Porto. Julho 2009 – Concerto Semana da Juventude - Aveiro Julho 2009 – Concerto - Santo Tirso Julho 2009 – Concerto FIACOBA 09 – Oliveira do Bairro Julho 2009 – Concerto – Vila das Aves Agosto 2009 – Concerto – Arganil Outubro 2009 – Concerto Festival i – Águeda Novembro 2009 – show case - RTP1 “Portugal no Coração”. Dezembro 2009 – show case - Gala Aveiro FM – Teatro Aveirense – Aveiro Dezembro 2009 – show case - RTP1 “Natal dos Hospitais”. Dezembro 2009 – show case - ”Festa de Natal“ – Aud. Ferroviários Norte – Porto Dezembro 2009 – show case - “Festa Natal” – Valongo – Porto

DOM 05 DEZ 15H00 OFICINAS CRIATIVAS



16H00 ESPECTÁCULO

TEATRO | 2,5€ | ENTRADA LIVRE DE UM ACOMPANHANTE ADULTO POR CRIANÇA

EVENTO INFÂNCIA / FAMÍLIA [1.º DOM. MÊS] |

15H | OFICINAS CRIATIVAS MUILTIDISCIPLINARES | 60MIN. | M/6

16H | ESPECTÁCULO | 40 MIN. | M/4

APRESENTAÇÃO CO-FINANCIADA PELA UE/ FEDER, QREN, MAIS CENTRO, INALENTEJO, POR LISBOA, O NOVO NORTE





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande