6ccsdormt16-p importância da proporçÃO Áurea em odontologia estética



Baixar 8.66 Kb.
Encontro21.10.2017
Tamanho8.66 Kb.

UFPB-PRG XII Encontro de Iniciação à Docência


6CCSDORMT16-P

IMPORTÂNCIA DA PROPORÇÃO ÁUREA EM ODONTOLOGIA ESTÉTICA

Ana Cláudia de Araújo Ferreira(1); Lise Emily de Oliveira Barbosa(1); Isabelle Lins Macêdo de Oliveira(2); Antônio de Pádua Cavalcante da Costa(3); Dayane Franco

Barros Mangueira(4); Isabela Albuquerque Passos(4) ;

Centro de Ciências da Saúde/Departamento de Odontologia Restauradora/MONITORIA


RESUMO

A beleza está relacionada à proporcionalidade que parece dirigir o crescimento, a harmonia, a reprodução e a estabilidade das formas na natureza. O conceito de proporção áurea afirma que duas partes desiguais estão em relação quando a razão entre as duas grandezas origina o número 1,618 ou 0,618. Quanto mais próximas as relações entre as estruturas faciais estiverem de alcançar a proporção áurea, maior a harmonia e beleza da face. Este estudo teve o objetivo de realizar uma revisão da literatura a respeito da importância da proporção áurea em Odontologia estética. Em indivíduos que possuem um sorriso agradável, em vista frontal, a largura do incisivo central superior está em proporção áurea com o incisivo lateral superior, que por sua vez, está com a parte anterior visível do canino superior. Isso significa que a largura aparente do incisivo central superior é 60% maior do que a do incisivo lateral superior, que é maior 60% da do canino. O incisivo central superior tem uma razão de 1,618 : 1,0 com o incisivo inferior e a largura total de ambos os incisivos centrais inferiores é perfeita em relação à dos incisivos centrais superiores. Além disso, pode-se determinar a proporção dos dentes a partir das medidas faciais, isto é bastante útil quando há perda de referências para realizar a reabilitação oral, como no caso de pacientes total ou parcialmente edêntulos. As relações entre a distância interocular e a largura do olho constituem um método relativamente preciso para determinar a dimensão dos dentes que mais se enquadra com o tipo facial do paciente. Logo, esta relação é uma ferramenta viável em tratamentos estéticos restauradores e reabilitadores. Entretanto, nem sempre essa relação é encontrada na composição dentária da população em geral e, por isso, deve ser adaptada a cada caso.


Palavras-chave: Estética Dentária, Biometria, Dentística Operatória



____________________________________________________________________________________________________________________________________________

1) Bolsista, (2) Voluntário/colaborador, (3) Orientador/Coordenador, (4) Prof. colaborador, (5) Técnico colaborador.

: antigo -> anais -> XIenexXIIenid -> enid -> monitoria -> RESUMO -> PAINEL -> AREA6-Painel -> Formatado AREA6-Painel
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdormt13-p a microabrasão como resoluçÃo estética conservadora das lesões brancas do esmalte: revisão sistemática da literatura
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdmmt01-p inervaçÃo trigeminal: Preparação de Material Didático
anais -> 6ccsdecpx06-o processo de enfermagem aplicado aos pacientes em pré e pós operatório de colecistectomia no hospital universitário lauro wanderley/ufpb
anais -> 037. Dmf. Ccs. Mt. 10. R. P. Origem anômala de artéria coronária: descriçÃo anatômica e revisão de aspectos clínicos cirúrgicos
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdcosmt07-p estudo retrospectivo de lesões epiteliais diagnosticadas no laboratório de patologia bucal da ufpb




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal