6ccmdcmt02-p tumor de filtro labial: retalho de avanço perialar bilateral em crescente



Baixar 7.09 Kb.
Encontro27.10.2017
Tamanho7.09 Kb.

UFPB-PRG XII Encontro de Iniciação à Docência



6CCMDCMT02-P

TUMOR DE FILTRO LABIAL: RETALHO DE AVANÇO PERIALAR BILATERAL EM CRESCENTE
Mariana Pontes Martins (1); Camila Gomes Fernandes (2); Klecius Leite Fernandes (3); Marcel Arnaldo de Medeiros (4); Elinaldo Leite Fernandes (5)

Centro de Ciências Médicas/Departamento de Cirurgia/MONITORIA


RESUMO


INTRODUÇÃO: O lábio é um sítio comum de carcinoma de cabeça e pescoço. O carcinomas basocelular e o espinocelular são os subtipos mais comuns. Aproximadamente em 15% dos casos, a doença provavelmente apresentará um comportamento agressivo, manifestado por recidiva, metástase e possivelmente mortalidade. A exposição solar é o agente etiológico mais importante no desenvolvimento de câncer de lábio. A cirurgia é o tratamento padrão e provoca, muitas vezes, além do defeito estético, uma disfunção do lábio envolvido. OBJETIVO: Apresentar uma alternativa de reconstrução dos defeitos de espessura total do lábio superior. Descrição metodológica: Realizou-se revisão de prontuário.RELATO DE CASO: Paciente, 60 anos, masculino, branco, com carcinoma basocelular de lábio superior,ulcerado e infiltrativo, comprometendo todo filtro labial e parte do vermelhão. RESULTADOS: O paciente foi submetido a uma ressecção em plano total do filtro labial, incluindo todo terço médio do lábio superior com margens livres de doença vistos à congelação. O defeito de espessura total do lábio superior foi reconstruído com retalho de avanço perialar bilateral em crescente com excelente resultado estático e funcional. CONCLUSÃO: A cirurgia é o tratamento padrão para os tumores do lábio e deve ser baseada em critérios oncológicos. A reconstrução continua sendo um desafio para o cirurgião e, por sua vez, é o elemento fundamental para reabilitação do paciente.
Palavras-chaves: carcinoma de lábio, carcinoma basocelular; reconstrução labial.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________

1) Bolsista, (2) Voluntário/colaborador, (3) Orientador/Coordenador, (4) Prof. colaborador, (5) Técnico colaborador.


: anais -> XIenexXIIenid -> enid -> monitoria -> RESUMO -> PAINEL -> AREA6-Painel -> Formatado AREA6-Painel
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdormt16-p importância da proporçÃO Áurea em odontologia estética
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdormt13-p a microabrasão como resoluçÃo estética conservadora das lesões brancas do esmalte: revisão sistemática da literatura
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdmmt01-p inervaçÃo trigeminal: Preparação de Material Didático
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdcosmt03-p microabrasão do esmalte dental como opçÃo estética conservadora: relato de caso
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsnephfmt01-p a atividade hipotensora da Colônia
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdmmt11-p maquete de um osso compacto removido da diáfise de um osso longo
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdcosmt07-p estudo retrospectivo de lesões epiteliais diagnosticadas no laboratório de patologia bucal da ufpb
Formatado AREA6-Painel -> 6ccsdormt07-p fatores que determinam a cor e sua importância em odontologia




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal