469. Em relação à fisiologia e à anatomia do sistema muscular, observe a figura abaixo e marque a alternativa errada



Baixar 52.23 Kb.
Encontro05.12.2017
Tamanho52.23 Kb.

Lista de Exercícios de Sistema Muscular – Prof. Rafa

467. Udesc Nos diversos tipos de invertebrados, encontramos diferentes estruturas relacionadas com a locomoção. Associe os grupos de invertebrados com as estruturas ou mecanismos locomotores e, depois, assinale a alternativa que apresenta a correlação correta. I. Anelídeos II. Celenterados III. Equinodermos IV. Insetos voadores 1. asas, geralmente membranosas 2. esqueleto hidrostático 3. musculatura esquelética 4. sistema ambulacral a) I – 4; III – 3 b) II – 2; IV – 4 c) I – 2; III – 4 d) II – 3; III – 1 e) I – 4; IV – 1


468. As figuras a seguir referem-se à musculatura relacionada à locomoção de um invertebrado hipotético (A = corpo distendido; B = corpo em repouso; C = corpo contraído).

Analisando-se as figuras, pode-se concluir que a musculatura circular funciona: a) para diminuir a ação da musculatura longitudinal. b) para substituir a musculatura longitudinal. c) para reforçar a ação da musculatura longitudinal. d) independentemente da musculatura longitudinal. e) como antagonista da musculatura longitudinal.


469. Em relação à fisiologia e à anatomia do sistema muscular, observe a figura abaixo e marque a alternativa errada.

a) O tecido muscular é formado por fibras musculares. b) A fibra muscular é formada por miofibrilas. c) Actina e miosina são proteínas presentes no sarcômero. d) A contração da musculatura esquelética é voluntária. e) A zona H do sarcômero corresponde a uma faixa com apenas moléculas de actina.


470. Uespi (modificado) Cada miofibrila de uma célula muscular esquelética é formada por uma seqüência linear de sarcômeros. Na figura abaixo, mostra-se, esquematicamente, um sarcômero em relaxamento (A) e um sarcômero contraído (B). Com relação a esse assunto, é incorreto afirmar que:

a) quando a célula muscular é estimulada, há deslocamento de íons cálcio do retículo sarcoplasmático para os sarcômeros. b) o deslizamento dos filamentos de actina e de miosina resulta no encurtamento do sarcômero. c) na fase de relaxamento, cálcio é retirado, ativamente, do sarcômero e levado, ativamente, para o interior do retículo sarcoplasmático. d) a célula muscular gasta ATP para relaxar. e) na ausência de cálcio, as moléculas de miosina reagem enzimaticamente com actina e contraem o sarcômero.


471. Explique as causas da ocorrência de dores musculares após a realização de esforço muscular intenso.

472. PUCCamp-SP As várias partes do corpo divergem quanto às necessidades dos tipos de músculos que utilizam. Por exemplo, o tipo de músculo requisitado por um jogador de tênis para correr e bater na bola com força e precisão não é o mesmo tipo usado para movimentar a comida ao longo do trato digestório, para que o alimento possa ser digerido. Os dois tipos de músculos acima mencionados diferem em várias características, mas assemelham-se por possuírem: a) miofibrilas. b) células mononucleadas. c) estrias transversais. d) fibras plurinucleadas. e) sarcolema.


473. UFRGS-RS Na fibra muscular esquelética, as miofibrilas são constituídas por filamentos de actina e miosina, na disposição apresentada no esquema. O que acontece quando ocorre a contração muscular?

a) Diminuem os filamentos de actina e miosina. b) Diminuem os filamentos de miosina. c) Diminuem e se espessam os filamentos de miosina. d) Os filamentos de actina deslizam entre os de miosina. e) A linha z torna-se mais espessa, englobando os filamentos de actina.


474. UFC-CE Assinale, na tabela abaixo, a alternativa que indica corretamente os tipos de músculos, nervos e sinapse envolvidos na contração de um músculo esquelético de um mamífero.


475. F. M. Jundiaí-SP A região de interação entre um neurônio e uma célula adjacente é denominada sinapse. Na extremidade do axônio, existem as vesículas sinápticas, repletas de substâncias conhecidas como neurotransmissores ou mediadores químicos, como, por exemplo, a acetilcolina e a noradrenalina. Quando o impulso nervoso alcança a terminação do axônio, ocorre liberação do mediador químico, que excita a célula seguinte, seja ela uma célula nervosa ou muscular. Assim que o mediador químico atinge a membrana da célula vizinha e a excita, é inativado por enzimas nela presentes. Algumas drogas interferem na liberação de neurotransmissores, estimulando-os, como as anfetaminas, ou inibindo-os, como o veneno de algumas cobras. O botox, nome comercial da toxina botulínica A, é usado no tratamento anti-rugas, porque impede a liberação de acetilcolina da terminação nervosa para as células musculares. Dessa maneira, o músculo: a) não recebe O2. b) fica relaxado. c) não recebe nutrientes. d) fica contraído. e) sofre câimbra.
476. UECE No processo de contração e relaxamento muscular, o elemento mineral mais diretamente relacionado é o: a) cálcio. b) iodo. c) mercúrio. d) ferro. e) magnésio.
477. UERJ A força de contração da fibra muscular estriada é definida pela tensão desenvolvida pelos filamentos de miosina e actina do sarcômero e sofre influência do grau de superposição desses filamentos.

De acordo com o gráfico, podemos dizer que a molécula de miosina apresenta uma interação mais eficiente com a actina entre os seguintes segmentos: a) O e A. b) A e B. c) B e C. d) C e D.


478. UFPE Considere as seguintes representações de um músculo esquelético e as faixas indicadas pelas letras.

( ) A faixa A, denominada de Banda A (anisotrópica), corresponde à justaposição de moléculas de actina e miosina. ( ) A faixa B corresponde ao sarcômero que vai de uma linha Z a outra. ( ) A faixa C, denominada Banda I (isotrópica), corresponde a uma região onde são encontradas apenas moléculas de miosina. ( ) A faixa C (Banda I) reduz seu tamanho na contração muscular. ( ) A zona H situa-se no centro da Banda A (faixa A) e se reduz na contração muscular.


479. UERJ Mediu-se a concentração do íon cálcio no interior do retículo sarcoplasmático e no sarcoplasma de células de músculo esquelético, adequadamente preparado e submetido a pulsos de estímulo contrátil. Parte dos resultados obtidos estão mostrados no gráfico a seguir.

O músculo testado está sob contração máxima no seguinte intervalo de tempo: a) T1 – T3 c) T6 – T8 b) T3 – T5 d) T9 – T11


480. UFC-CE A liberação dos íons cálcio e magnésio no processo de contração de uma fibra muscular estriada esquelética envolve diversos componentes celulares, exceto o: a) lisossomo. b) retículo endoplasmático. c) sarcoplasma. d) sistema T. e) retículo sarcoplasmático.
481. PUC-PR Certos venenos, como o curare, agem nas transmissões sinápticas. Usado pelos índios, o curare bloqueia as sinapses entre neurônios motores e músculos, o que: a) ocasiona convulsões violentas. b) acelera os movimentos respiratórios. c) impede a contração muscular. d) destrói o estrato mielínico. e) ocasiona febre e perda de consciência.
482. FEI-SP As terminações nervosas dentro das fibras musculares, que comandam as contrações do músculo, denominam-se: a) sinapses nervosas. b) bulbos terminais de Krause. c) placas ou corpúsculos de Pacini. d) placas motoras. e) corpúsculos de Nissl.
483. Cesesp-PE A estriação transversal das fibras musculares esqueléticas é uma expressão da natureza e organização das miofibrilas. O sarcoplasma apresenta faixas claras (isotrópicas, que apresentam as mesmas propriedades físicas em todas as direções), em cuja porção central distinguimos a linha Z, e faixas mais densas (anisotrópicas) que apresentam em sua porção central a zona H. Podemos afirmar que o sarcômero está delimitado: a) por duas zonas H. b) por duas faixas A. c) pelos limites de cada faixa A. d) por duas linhas Z. e) pelos limites de cada faixa.
484. UFU-MG No corpo humano, podem ser encontrados três tipos de tecidos musculares. Quais são e onde se localizam?
485. Unirio-RJ É constituído por células uninucleadas que possuem núcleos centrais. Em seu citoplasma, encontramos miofibrilas, formando discos claros e escuros. Para formar o tecido, essas células se colocam em continuidade umas com as outras, sendo que a adesão entre elas, feita pelos discos intercalares, apresenta contrações rápidas e involuntárias. Essa é a descrição do tecido: a) epitelial. b) conjuntivo. c) muscular estriado cardíaco. d) muscular não estriado. e) muscular estriado esquelético.
486. UFRGS-RS Os músculos envolvidos no deslocamento do corpo e dos movimentos do sistema digestório são, respectivamente, dos tipos: a) estriado e liso. b) esquelético e estriado. c) liso e estriado. d) liso e esquelético. e) estriado cardíaco e liso.
487. Mackenzie-SP As afirmações a seguir, referem-se aos três tipos de tecido muscular humano. I. Todos apresentam as miofibrilas, que são estruturas protéicas com capacidade de contração. II. Como conseqüência da contratilidade, esses tecidos apresentam células com grande quantidade de mitocôndrias. III. Actina e miosina são as proteínas responsáveis pela contração desses tecidos, num processo que necessita da presença de íons cálcio e de magnésio. Assinale: a) se todas estiverem corretas. b) se apenas I e II estiverem corretas. c) se apenas I e III estiverem corretas. d) se apenas II e III estiverem corretas. e) se apenas III estiver correta.
488. UnB-DF Os “canhoneiros”, como são chamados os chutadores mais potentes, constituem um pequeno e seleto grupo entre os jogadores de futebol. A velocidade de contração do sistema muscular dos “canhoneiros” é extremamente alta. Eles já nasceram com músculos super-rápidos, embora um bom programa de treinamento possa aumentar consideravelmente a potência de um jogador de chute médio, bem como de qualquer atleta. Revista Superinteressante, 1988. Considerando essas informações, julgue os itens que seguem. 1. A potência do chute depende da quantidade de terminações nervosas em cada grupo de células musculares. 2. O mesmo tipo de célula muscular que proporciona o chute é encontrado também no músculo cardíaco. 3. O volume das fibras musculares aumenta com uma atividade muscular de esforço. 4. Alguns músculos, quando se está dormindo, mantêm-se em um estado de pequena contração.
489. UEL-PR Considere os tipos de fibras musculares e as ações a seguir: I. cardíaca II. estriada III. lisa A. contração involuntária e lenta B. contração voluntária, em geral vigorosa C. contração involuntária e rápida Assinale a alternativa que associa corretamente os tipos de fibras musculares com sua respectiva ação. a) IA, IIB, IIIC b) IA, IIC, IIIB c) IB, IIC, IIIA d) IC, IIA, IIIB e) IC, IIB, IIIA
490. PUC-MG São dadas, abaixo, algumas características de três tipos de tecidos musculares animais. I. Possui apenas um núcleo, com contração relativamente lenta. II. Apresenta células cilíndricas extremamente longas, multinucleadas, de contração rápida e voluntária. III. Tem células normalmente mononucleadas, de contrações rápidas e involuntárias, com presença de discos intercalares. As características se referem, respectivamente, aos seguintes tecidos musculares: a) liso, estriado esquelético e estriado cardíaco. b) estriado esquelético, liso e estriado cardíaco. c) estriado cardíaco, liso e estriado esquelético. d) liso, estriado cardíaco e estriado esquelético. e) estriado cardíaco, estriado esquelético e liso.
491. Cesgranrio-RJ Conceitue tecido do ponto de vista morfológico e funcional e, em seguida, caracterize o tecido muscular liso, estriado e cardíaco, quanto à sua contratibilidade.
492. UFC-CE Um aluno perguntou a seu professor de biologia a razão da morte súbita de atletas jovens, fato que tem acontecido com uma certa freqüência no meio esportivo. O professor respondeu que provavelmente esses indivíduos, cerca de 0,1% a 0,2% da população mundial, apresente cardiomiopatias genéticas, causadas pelo acúmulo de uma proteína anormal nos sarcômeros do músculo cardíaco. Isto faz com que as células cresçam demasiadamente e de forma desordenada, particularmente ao redor do ventrículo esquerdo. À medida que o músculo se espessa, o coração pode desenvolver batimentos irregulares e correr o risco de parar completamente. O esforço extra do exercício intenso parece desencadear a morte súbita em pessoas com esse problema. Para compreender melhor a resposta do professor, o aluno procurou outros esclarecimentos. a) Qual o nome do fenômeno responsável pelo surgimento da proteína anormal nesta situação? b) Quais as duas principais proteínas dos sarcômeros? c) Quais as duas maneiras através das quais o coração pode aumentar o volume de sangue ejetado durante o exercício físico, para atender ao aumento da necessidade de oxigênio? d) Qual o papel do ventrículo esquerdo no direcionamento do sangue bombeado?
493. Fuvest-SP Consideremos o seguinte fato: o aumento do consumo de carboidrato no músculo é acompanhado de um aumento imediato e considerável do consumo de O2 e de um aumento paralelo da eliminação de CO2. Qual a explicação para esse fato e por que o músculo é considerado um transformador de energia?
494. FCC-SP Na contração muscular, funcionam, respectivamente, como material contrátil, fonte imediata de energia, reserva de energia e fonte primária de energia: a) actomiosina, ATP, fosforil-creatina e glicogênio. b) actomiosina, glicogênio, ATP e ciclo de Krebs. c) fibrila muscular, ATP, glicogênio e ciclo de Krebs. d) fibrila muscular, glicólise, ATP e fosforil-creatina (fosfocreatina). e) fosforil-creatina, glicólise, ATP e glicogênio.
495. UERJ Com o objetivo de demonstrar, em laboratório, a importância de certos fatores no processo de contração da célula muscular estriada, um pesquisador colocou células musculares em recipientes com solução fisiológica, à qual diferentes fatores foram adicionados, conforme está representado no esquema.

O número que indica o recipiente onde se observou a contração muscular é: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5


496. UFSCar-SP Se um músculo da perna de uma rã for dissecado e mantido em uma solução isotônica em recipiente hermeticamente fechado, o músculo é capaz de se contrair algumas vezes quando estimulado, mas logo deixa de responder aos estímulos. No entanto, se a solução for arejada, o músculo readquire a capacidade de se contrair quando estimulado. A explicação para o fenômeno é que o ar fornece o gás: a) nitrogênio, necessário à transmissão do impulso nervoso ao músculo. b) nitrogênio, necessário à síntese dos aminoácidos componentes da miosina. c) oxigênio, necessário à oxidação da miosina e da actina que se unem na contração. d) oxigênio, necessário à respiração celular da qual provém a energia para a contração. e) carbônico, necessário à oxidação do ácido lático acumulado nas fibras musculares.
497. UFRGS-RS Considere as afirmações abaixo sobre o tecido muscular esquelético. I. Para que ocorra contração muscular, há necessidade de uma ação conjunta dos íons cálcio e da energia liberada pelo ATP, o que promove um deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina na fibra muscular. II. Exercícios físicos promovem um aumento no volume dos miócitos da musculatura esquelética, através da produção de novas miofibrilas. III. Em caso de fadiga muscular, parte do ácido lático produzido através da fermentação lática passa para a corrente sangüínea e é convertida em aminoácidos pelo fígado. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas I e II. d) Apenas II e III. e) I, II e III.
498. UFMT Nos jogos olímpicos, em várias modalidades de provas, o aparelho locomotor é intensamente exigido. Sobre esse aparelho, assinale a afirmativa correta. a) O deslocamento dos íons cálcio para o interior do retículo sarcoplasmático é conhecido como bomba de cálcio e é facilitado pelas proteínas intrínsecas da membrana plasmática. b) A velocidade do estímulo nervoso na placa motora pode ser acelerada pela presença da bainha de mielina sintetizada pelos oligodendrócitos do sistema nervoso periférico. c) O deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina, durante a contração muscular, ocorre devido à saída de íons cálcio do retículo sarcoplasmático e à presença de ATP. d) A distensão muscular ocorre quando os discos intercalares do músculo estriado esquelético se rompem. e) Uma dieta rica em carboidratos eleva as reservas de amido nas células musculares, proporcionando uma rápida resposta e melhor desempenho atlético.
499. Assinale a alternativa incorreta. a) Nos músculos, as reservas de carboidrato estão na forma de glicogênio. b) Submetidas a esforço intenso, as células musculares obtêm energia realizando respiração e fermentação. c) O tecido muscular estriado esquelético representa a maior parte da massa muscular humana. d) Músculos lisos ou não-estriados têm contração lenta. e) O peristaltismo do tubo digestório se deve à ação do tecido muscular estriado esquelético.
500. UEL-PR As células musculares, quando submetidas a um esforço físico intenso, podem obter energia a partir dos processos de: a) fermentação e quimiossíntese. b) respiração e quimiossíntese. c) digestão e fermentação. d) digestão e quimiossíntese. e) respiração e fermentação.
501. UFR-RJ Os músculos das pernas da galinha apresentam uma coloração escura e são de contração lenta. A coloração escura destas fibras musculares deve-se à presença de um pigmento chamado: a) mioglobulina. b) mioglobina. c) ferritina. d) hemossiderina. e) hemoglobina.
502. UFPI O ATP gasto durante a contração muscular é rapidamente reposto graças a uma substância que transfere seu grupo fosfato energético para o ADP, transformando-o em ATP. Essa substância é denominada: a) adenosina trifosfato b) guanosina trifosfato c) creatina–fosfato d) miosina–fosfato e) actina–fosfato
503. UFRJ Dentre os compostos que regulam o fluxo sangüíneo das artérias coronárias (vasos que nutrem o músculo cardíaco) está a adenosina. A adenosina é um produto de degradação do ATP e é formada segundo a seguinte sequência de reações: ATP → ADP → AMP → Adenosina. A adenosina promove a vasodilatação das artérias coronárias, o que aumenta o fluxo sanguíneo através do músculo cardíaco. Explique por que em situações de exercício intenso é vantajoso que a regulação local da vasodilatação seja exercida pela adenosina, e não por outros vasodilatadores produzidos por outras vias metabólicas também presentes no organismo.
504. UFRJ Os gráficos a seguir representam duas características de fibras musculares de jovens saudáveis, medidas antes e depois de realizarem, por algumas semanas, exercício físico controlado, associado a uma dieta equilibrada. Marcante melhoria no condicionamento físico desses jovens foi observada.

Explique, com base nos gráficos, a relação entre a melhoria no condicionamento físico dos jovens e as variações dos seguintes fatores: a) quantidade de capilares sanguíneos por fibra muscular; b) quantidade de glicogênio por fibra muscular.


505. UFC-CE A carne escura das pernas e coxas da galinha é constituída, principalmente, por um certo tipo de fibra muscular diferente daquele da sua carne branca, o que torna essas fibras adaptadas a diferentes tipos de atividades. Observe as três afirmativas a seguir. I. A carne escura das pernas e coxas tem fibras musculares ricas em mioglobina, fornecendo oxigênio às mitocôndrias durante esforços musculares prolongados. II. A carne branca dos músculos peitorais tem fibras musculares relativamente pobres em mioglobina, sendo sua contração rápida, mas não mantida por muito tempo. III. As fibras musculares lentas estão adaptadas à realização de trabalho contínuo, possuindo menor quantidade de mitocôndrias e pouca irrigação sanguínea. Assinale a alternativa correta. a) Apenas a afirmativa I está correta. b) Apenas as afirmativas II e III estão corretas. c) Apenas as afirmativas I e III estão corretas. d) Apenas a afirmativa III está correta. e) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
506. PUC-MG Observando a figura a seguir, assinale a afirmativa incorreta.

a) Tipicamente, os músculos e elementos do esqueleto formam alavancas mecânicas. b) O tecido ósseo e o tecido muscular constituem dois tecidos bastante vascularizados e inervados. c) As articulações do esqueleto apresentam tecido cartilaginoso avascular. d) Quanto maior a carga exercida, menor será a força de contração exercida pelos músculos.


507. UFBA (modificado) Assinale as proposições verdadeiras, some os números a elas associados e marque o resultado. A ilustração apresenta parte do sistema muscular humano, detalha níveis de organização e destaca um sarcômero.

Considerando-se aspectos associados à fisiologia celular, é correto afirmar: 01. A célula muscular apresenta alto nível de diferenciação, traduzido em especificidade de função em organismos multicelulares. 02. A contração de fibras musculares estriadas é uma atividade caracterizada pela ausência de interação com os demais sistemas que compõem o organismo. 04. A riqueza em actina e miosina reflete a acentuada expressão seletiva de genes que integram um pequeno percentual do genoma humano. Some os números dos itens corretos.


508. UFES A força humana está relacionada diretamente com os músculos, e, para que estes realizem trabalho, é necessário que ocorra a contração muscular. Sobre os mecanismos envolvidos na contração muscular, pode-se afirmar que: a) a miosina é responsável pela conversão da energia da hidrólise do ATP em movimento, devido à presença dos íons de ferro. b) a quimiossíntese ocorre nas células musculares, onde o ácido pirúvico é transformado em ácido lático, o que garante ATP em situações de emergência. c) o deslizamento durante a contração muscular ocorre quando as cabeças da miosina se prendem firmemente à actina, dobrando-se sobre o resto da molécula da miosina e permanecendo assim indefinidamente. d) o glicogênio armazenado nas células musculares pode ser convertido em ATP por meio de processos de fermentação alcoólica, o que causa dor e intoxicação das fibras musculares. e) a energia obtida do ATP confere à miosina uma configuração instável de alta energia potencial e faz com que ela puxe as fibras de actina, realizando o trabalho.
509. UFU-MG Quanto às diferenças entre as carnes vermelhas e brancas, marque a alternativa correta. a) A carne vermelha consome menos ATP e, conseqüentemente, menos oxigênio. b) A carne branca é adaptada a contrações por longos períodos. c) As fibras musculares da carne vermelha apresentam um número maior de mitocôndrias. d) A quantidade de mioglobina é relativamente igual nas carnes branca e vermelha.
510. Observe os gráficos abaixo.


Os que melhor representam a contração da fibra muscular isolada e do músculo inteiro são, respectivamente: a) I e II. b) II e I. c) II e III. d) III e IV. e) IV e I.
511. A presença de ácido láctico nas células musculares é sinal de fadiga muscular. O ácido láctico é resíduo da fermentação láctica, que as células musculares realizam quando: a) utilizam gorduras como fonte de energia. b) recebem quantidade insuficiente de oxigênio. c) recebem quantidade excessiva de gás carbônico. d) recebem quantidade excessiva de oxigênio. e) utilizam lactose como fonte de energia.
512. Cesgranrio-RJ A energia imediata que supre o processo de contração muscular é derivada de ligações ricas em energia provenientes de: a) trifosfato de adenosina. b) creatina-fosfato. c) ácido fosfoenol pirúvico. d) difosfato de adenosina. e) glicogênio.
513. UFES Muitas academias de ginástica estimulam seus alunos a passar horas “malhando pesado”, o que pode acarretar fadiga muscular e dores. Esses sintomas devem-se: a) à diminuição da concentração do ATP e conseqüente acúmulo de ácido láctico nas fibras musculares, devido à glicólise anaeróbia. b) ao rompimento das fibras musculares, o que impede o deslizamento das miofibrilas. c) à estimulações repetidas e involuntárias que produzem uma contração muscular uniforme mantida. d) à queda na concentração plasmática de íons cálcio, impedindo a interação entre a miosina e a actina. e) à exaustão da substância neurotransmissora acetilcolina na placa motora.
514. Unifor-CE As fibras musculares estriadas armazenam um carboidrato a partir do qual se obtém energia para a contração. Essa substância de reserva se encontra na forma de: a) amido. b) glicose. c) maltose. d) sacarose. e) glicogênio.
515. UFRJ A mioglobina é uma proteína do músculo que recebe e transfere o oxigênio da hemoglobina do sangue para a respiração celular que ocorre nas mitocôndrias. Para gerar ATP, a célula pode recorrer à glicólise anaeróbia ou ao metabolismo aeróbio, além de depender do aporte de oxigênio molecular. As galinhas têm dois tipos de músculo: (I) o claro, com poucas mitocôndrias e pouca mioglobina; e (II) o músculo escuro, que contém muitas mitocôndrias e muita mioglobina. Como nós sabemos, as galinhas vivem ciscando e raramente voam; isso significa que elas usam muito as pernas e pouco as asas. Se um gato invade o galinheiro e ataca, a galinha reage alvoroçadamente e tenta fugir, mas só é capaz de dar um vôo rasante. Explique por que os músculos do peito são do tipo I e os da perna são do tipo II.
516. Fuvest-SP Assinalar a afirmação errada. Durante o período de relativa inatividade muscular: a) o desdobramento do glicogênio fornece um excesso de energia. b) o excesso de energia é transferido do ATP para a creatina. c) acumula-se ácido lático. d) há conversão de ácido lático em glicogênio. e) a energia para a contração é acumulada com o ATP e fosfato da creatina.
517. Fuvest-SP Em condições normais, nem todo o gás oxigênio transportado pelo sangue é liberado nos tecidos corporais; um pouco dele continua retido nas moléculas de hemoglobina. No entanto, um aumento da temperatura ou uma queda do pH faz com que a hemoglobina libere uma quantidade adicional de gás oxigênio. a) Explique a relação entre atividade muscular e aumento de temperatura. b) Explique a relação entre atividade muscular e queda de pH. c) Explique de que maneira o comportamento da hemoglobina, descrito no texto, pode ser benéfico para músculos em atividade intensa.
518. Unicamp-SP Ciência ajuda natação a evoluir. Com esse título, uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo sobre os jogos olímpicos (18/09/00) informa que: Os técnicos brasileiros cobiçam a estrutura dos australianos: a comissão médica tem 6 fisioterapeutas, nenhum atleta deixa a piscina sem levar um furo na orelha para o teste do lactato e a Olimpíada virou um laboratório para estudos biomecânicos – tudo o que é filmado embaixo da água vira análise de movimento. a) O teste utilizado avalia a quantidade de ácido láctico nos atletas após um período de exercícios. Por que se forma o ácido láctico após exercício intenso? b) O movimento é a principal função do músculo estriado esquelético. Explique o mecanismo de contração da fibra muscular estriada.
Gabaritos




: midia -> arquivos -> 2016
2016 -> 523. Quais são as glândulas endócrinas que ocorrem no homem?
2016 -> Lista de Exercícios de Cordados Prof. Rafa 544. Fgv-sp o filo dos cordados compreende os subfilos urocordados, cefalocordados e vertebrados
2016 -> Lista de Exercícios de Sistema Excretor Prof. Rafa 309
2016 -> 112. Ufmg observe os esquemas referentes a sistemas respiratórios animais
2016 -> Lista de Exercícios de Platelmintos Prof. Rafa 264. Uniceub-df na evolução dos metazoários, as células nervosas são encontradas primeiro de forma difusa e só depois centralizam-se em um gânglio cerebróide
2016 -> A Qual das características apontadas na figura é exclusiva do grupo? b Cite pelo menos dois representantes deste grupo
2016 -> Interbits – SuperPro ® Web 1
2016 -> Sim, pela alta dose de características animalescas à personagem (zoomorfismo)




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal