01- oh! Se Descesses, Isaías 64. 002- a bondade, Gálatas 22, 23



Baixar 0.69 Mb.
Página11/19
Encontro08.10.2019
Tamanho0.69 Mb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   19

ELE É O SEU MANANCIAL

O princípio ensinado por Jeremias – através dele Deus repreendeu o povo por não praticar um princípio essencial no relacionamento com Ele: o de reconhecê-lo como manancial de águas vivas.

Veja Jr 2.13: “O meu povo cometeu dois crimes: eles me abandonaram, a mim, a fonte [o manancial] de água viva; e cavaram as suas próprias cisternas, cisternas rachadas que não retêm a água”.

Não havia água encanada. O povo dependia dos mananciais. Entretanto, pelo comodismo de não precisar buscar água todos os dias na fonte, as pessoas passaram a usar cisternas (a cisterna era um reservatório de água de chuva, e era muito prática... evitava o trabalho de ir à fonte).

Diferença na qualidade da água proveniente da fonte e do poço?

Mas o que Deus está dizendo não é algo ligado à qualidade da água, mas ao fato de que, espiritualmente falando, as cisternas não funcionam: Deus chamou as cisternas que seu povo vinha cavando de “rachadas”, que não podiam reter as águas. Portanto, nesta comparação que o Senhor faz, a conclusão é única: quem bebe da fonte tem a água, enquanto que quem tenta a cisterna acaba ficando sem água!

Achamos que é possível “driblar” o princípio da leitura diária da Palavra de Deus e tentamos “encher nosso reservatório” nos cultos. Há pessoas que durante toda a semana não oram e nem lêem a Bíblia, mas acham que um culto é suficiente para mantê-las abastecidas... não dá. Era disto que Deus falava.

Porque preferimos encher cisterna em vez de ir diariamente à fonte? Talvez por mero comodismo, mas o fato é que temos falhado numa área vital de nosso relacionamento com o Pai Celeste. Ninguém sobrevive de estoque em sua vida espiritual. Não existe uma espécie de “crente-camelo” que enche o tanque e agüenta quarenta dias no deserto!

Essa área da vida precisa ser ordenada. Não há nada que nos leve a estar mais próximos de Deus do que o relacionamento diário.

A idéia de beber da fonte na Bíblia – (serve para cultivar em nós a mentalidade correta do nosso relacionamento com Ele) – quero ler alguns textos:

Jo 4:10,13,14: “Respondeu-lhe Jesus: Se tivesses conhecido o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe terias pedido e ele te haveria dado água viva. Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna”.

Jo 7:37,38: “Ora, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a escritura, do seu interior correrão rios de água viva”.

Ap 7:11: “Pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima”.

Ap 22:17: “O Espírito e a noiva dizem: Vem. Aquele que ouve diga: Vem”.

DEUS ESPERA QUE VOCÊ BUSQUE POR SUA PALAVRA TODOS OS DIAS, PORQUE (reconheça também isto): 



VOCÊ PRECISA DE TEMPO AOS PÉS DO SENHOR

Agradar a Deus com trabalho, mas o mais importante para Ele é quando nos assentamos aos seus pés. Nosso serviço é importante, mas estar com o Senhor, gastar tempo em sua presença é muito mais. Além de que, depois de um tempo de comunhão com Ele, o serviço se torna mais eficiente.

Observe um episódio que Deus fez questão que fosse registrado para nosso ensino, Lc 11.38-42: “Ora, quando iam de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa. Tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, sentando-se aos pés do Senhor, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava preocupada com muito serviço; e aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá que minha irmã me tenha deixado servir sozinha? Dize-lhe, pois, que me ajude. Respondeu-lhe o Senhor: Marta, Marta, estás ansiosa e perturbada com muitas coisas; entretanto poucas são necessárias, ou mesmo uma só; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.”

Marta corria, Maria estava aos pés do Senhor. Todos conhecemos a história, mas fazemos questão de permitir que ela continue se repetindo...

Compromissos diários, agenda cheia, como fazer tudo, etc. Preocupamo-nos com coisas que não mereciam tanta atenção. Deixamos que o “urgente” tome o lugar do “importante”.

Sei como é isto. Mas tenho aprendido a investir tempo com Deus, por princípio bíblico tenho forçado meu comportamento a se ajustar ao de Maria.

Ninguém tem o direito de se desculpar dizendo: - “Este é o meu jeito de ser”! Se Deus nos fizesse de modo diferente uns dos outros no que diz respeito a buscá-lo, estaria sendo injusto conosco; estaria dando a um condições de agrada-lo e a outro não (não é questão de temperamento, mas de comportamento). Precisamos aprender as prioridades corretas para crescer espiritualmente. Falta de tempo com Deus é o maior obstáculo ao crescimento do crente.

Tão cegos no comportamento errado que até convencer Deus de que estamos certos. Marta foi pedir a Jesus que fizesse Maria se levantar; tentou convencer Jesus da importância de sua “correria”.

De modo semelhante, muitas vezes estamos errados e tentamos nos convencer (e aos outros) do contrário.

Palavras de Jesus são muito fortes: “...poucas coisas são necessárias, ou mesmo uma só...” O que Ele estava dizendo a Marta? Que de toda a nossa correria, poucas coisas são realmente uma necessidade.

Muito do que julgamos ser necessário, na verdade não é - criamos necessidades: quem não tem TV “precisa” de uma; quem tem TV de 14 polegadas, “precisa” uma de 20; quem tem de 20 polegadas, “precisa” de 29, e a coisa nunca para! Quem não possui um telefone celular “precisa”, mas depois que já o tem, “precisa” trocá-lo por um outro modelo!

O Senhor Jesus declarou: “poucas coisas são necessárias, ou mesmo uma só”.

Jesus estava dizendo: - “Pode enxugar sua agenda que a maioria de seus compromissos não são assim tão importantes. E se tiver que escolher uma única coisa para fazer, fique em minha presença”.

Há coisas que não precisam acontecer naquele momento. Por exemplo: assistir ao noticiário. Precisamos mesmo? Filme...

Você pode se questionar sobre muita coisa que faz... se tivesse que tirar tudo e deixar o mais importante, a única coisa que verdadeiramente deveria restar é esta: estar aos pés do Senhor.

Um servo de Deus, tinha como princípio de vida: Não ler o jornal do dia sem antes ler a Bíblia.

Naquele livro “Como Estudar a Bíblia Sozinho”, o autor propõe: “Sem Bíblia não haverá o café”.

O grande missionário Hudson Taylor, costumava dizer: “Escolha para comungar com seu Deus a melhor hora do seu dia”. Algumas pessoas acordam cedo... outros tarde... algumas são como galos, outras são corujas... VOCÊ PRECISA DE TEMPO AOS PÉS DO SENHOR

DEUS ESPERA QUE VOCÊ BUSQUE POR SUA PALAVRA TODOS OS DIAS, PORQUE (afinal, saiba também disto): 



ESTA É A ÚNICA FORMA DE VOCÊ GANHAR A EXCELÊNCIA

A falta de tempo com Deus nos impede de servi-lo melhor (obcecados por fazer, fazer e fazer, mas quando investimos tempo a sós com o Senhor, aumentamos o proveito do serviço depois).

Veja este princípio bíblico: "Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força; agir com sabedoria assegura o sucesso”.

Salomão: não apenas um princípio natural, mas fundamento espiritual: afiar o corte do machado no rachar lenhas torna o trabalho mais eficaz, também o contato diário com a Palavra de Deus tornará nosso andar mais frutífero.

Machado cego, sem corte, mais força e energia em seu trabalho, mais do seu tempo (mas afiando terá economizado tempo e energia).

O povo de Deus precisa aprender urgentemente esta lição! o tempo gasto com a Palavra é o machado sendo afiado. Se economizarmos nesta prática...

Mas você terá excelência se buscar a Deus!



Conclusão
O maná se não fosse colhido logo cedo, se derretia com o Sol. Em outras palavras, ou a pessoa começava seu dia com aquela atividade prioritária, ou acabava ficando sem ele.

Com nosso devocional não deve ser diferente. Jesus nos deixou o exemplo: Deus espera que você busque por Sua Palavra todos os dias:

Por que Ele é seu manancial... você precisa... é a única forma de você prosperar. 


029

O QUE FAZER NOS DIAS ESTRESSANTES?


Marcos 6:30-34

Introdução
Quero abrir a Bíblia com vocês e conferir um conselho de Deus sobre “O Que Fazer Nos Dias Estressantes”.
Mundo moderno: "não tenho tempo"; "estou com pressa"; "estou atrasado"; "estou estressado".
...decisões a tomar, coisas para fazer e tudo para ontem! A pressa é tanta que até já criaram um jargão: o famoso "FUI".

O que fazer diante desta situação? ...administrá-la. E Jesus nos ensina como:

O texto: milagre da multiplicação dos pães e peixes (porém não é sobre o milagre em si que desejo falar, mas da situação sobre a qual aquele milagre aconteceu).

Jesus e seus discípulos sem tempo, com fome e uma multidão totalmente desorientada e faminta. Que situação "estressante"!

Jesus nos ensina que mesmo em dias tão estressantes, você...
1) Precisa ter TEMPO PARA COMPARTILHAR com as pessoas (v. 30)
V.30: “Reuniram-se os apóstolos com Jesus e contaram-lhe tudo o que tinham feito e ensinado”.
"Reuniram-se" - Indica um verbo de ação! Arranjaram tempo, fizeram a ocasião.

"Contaram tudo" - comunicação verdadeira, comunhão de fato! Contaram tudo = abriam o coração. Falaram de suas lutas, crises, dificuldades, alegrias.

Que momento!

Querido formando: Não prive as pessoas da sua companhia e presença. "Você é uma jóia preciosa que Deus guardou no bolso para reluzir em nossos dias, amém?”

Agora, o Senhor também ensina que em dias tão estressantes, você...
2) Precisa ter TEMPO DE PRIVACIDADE com Jesus
V.31: “Jesus lhes disse: Venham comigo para um lugar deserto”.
Momentos à parte! Isto é essencial... Com Deus, com a família, com as pessoas na igreja, com os amigos!
À parte mesmo! Diz o texto “num lugar deserto”. Onde temos tempo para as pessoas, principalmente JESUS.

Estamos perdendo os lugares desertos da vida.

Jesus ensina que em dias estressantes, você...
3) Precisa ter TEMPO PARA DESCANSAR do seu trabalho
V.31 e 32: “...e descansem um pouco. Porque eram muitos os que vinham e iam, e não tinham tempo nem para comer”.
Chega momentos na vida da gente que todos precisamos de descansar um pouco!

Me refiro aos que trabalham de verdade! Porque há quem diz: “Gosto tanto de trabalho; adoro trabalho, que sou capaz de ficar horas simplesmente olhando pra ele!” ...e tem aquele tipo que não procura trabalho de maneira nenhuma porque está dizendo: "Não procuro trabalho: Porque tenho medo de encontrar um!”

Mas se trabalha como Jesus, V.31 – “Muitos eram os que vinham e iam, e não tinham tempo nem para comer”. Não é mera coincidência com o teu dia e também o meu? ...Vamos colocar o pé no freio.

A demanda estava tão grande para Jesus e seus discípulos que eles não tinham tempo nem de comer. Se tivesse aquele "churrasquinho na esquina" na palestina, Jesus e seus discípulos teriam passado por lá!

“Não tinham tempo” = isto aqui mais parece frase de estudante em final de curso: ...trabalhos, provas, formatura, roupas, convites...

Agora, tamanha era a necessidade de descanso que a conclusão do grupo realmente foi a do v.32: “Retiraram-se, pois, no barco para um lugar deserto, à parte”.

Saíram todos para um lugar à parte e deserto! ...Se você precisa descansar, descanse! Tire férias (mesmo), tire folga, durma, retire-se com a família!

Quando estamos estressados e cansados, o trabalho não rende... Infelizmente existe também os "trabalhocólatras", pessoas que acham que descanso é pecado, vadiagem! Não pense assim!

Fico feliz quando pergunto por uma família e sou informado que estão viajando juntos para descansar uns dias.

O descanso é bíblico! Deus descansou, Jesus Cristo descansou, os discípulos descansaram! DESCANSE VOCÊ TAMBÉM!

O Senhor ainda nos ensina que em dias estressantes, você...

4) Precisa ter TEMPO PARA OUVIR Jesus 
V.34: “E Jesus, ao desembarcar, viu uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas”.
Eles até tentaram, planejaram tudo para o descanso, porém a popularidade de Jesus e os discípulos, atrapalhou um pouco – V.33 diz: “os reconheceram e pra lá correram a pé...” - chegaram primeiro do que eles!!!

Jesus ao desembarcar, viu a multidão e “compadeceu-se deles” – Mesmo no descanso priorize Jesus, e no possível, pessoas!

Você deseja ouvir Jesus hoje? Ele está aqui! Quem não parar para ouví-lO e obedecer a seus ensinamentos vai viver estressado.

Conclusão
Jesus ensina que mesmo em dias tão estressantes, você...
Precisa ter TEMPO PARA COMPARTILHAR com as pessoas;
Precisa ter TEMPO DE PRIVACIDADE com o Senhor;
Precisa ter TEMPO PARA DESCANSAR do seu trabalho; e
Precisa ter TEMPO PARA OUVIR Sua voz

Pare um pouco! Você correu muito neste tempo. Por isso: Em dias tão estressantes dê preferência para Jesus.

Pr Walter Pacheco da Silveira, Adaptado de Pr. Carlito Paes - PIB-São José dos Campos


030

E O AZEITE PAROU...


2 Reis 4.6

“Quando todas as vasilhas estavam cheias, ela disse a um dos filhos: “Traga-me mais uma”. Mas ele respondeu: “Já acabaram”. Então o azeite parou de correr”. 



Introdução 
Episódio em que Eliseu multiplica o azeite da viúva. 
A situação das viúvas era difícil. E aquela se encontrava em situação de penúria (para pagar as dívidas teria que entregar os filhos como escravos). 

A mulher, ao ver Eliseu, fez relato da situação (o profeta perguntou o que ainda restava - ela disse que lhe sobrara ainda uma botija de azeite). 

Eliseu pede que vá e junte todas as vasilhas que conseguisse, inclusive, aquelas que os vizinhos pudessem emprestar. Depois entrasse em casa e fosse derramando o azeite e enchendo as vasilhas (o azeite só parou quando já não havia mais vasilhas). 

Na Bíblia, o azeite, o óleo, são símbolos do Espírito Santo, de unção. 

Temos uma analogia: o azeite da viúva que Eliseu multiplicou é como o derramar do Espírito Santo na vida da igreja e na vida dos crentes. 

Uma ordem de Deus para o crente é: "enchei-vos do Espírito”. ...será que você está cheio completamente? ...cheio até em cima ou até na metade? ...ou se dará o caso de sua situação ser parecida à da viúva com apenas um pouco de azeite? (Não é esta a vontade de Deus para você)! 

Quando você tem o coração cheio do Espírito Santo... 

Fui assistir uma vez a um pregador ministrar uma palavra sobre a unção. Ele mostrou que a pessoa, quando tem a unção, possui três características: a primeira é a coragem para fazer o diabo ficar no seu devido lugar: debaixo dos nossos pés. A segunda conseqüência da unção é o amor por aquele que não merece. E a terceira característica que o pregador apontou, foi a graça, simpatia. 

Se há pouco poder de Deus em sua vida, quero que preste atenção às lições do texto: 

A primeira lição é que o azeite seria derramado sem limites. 
Não há no texto nenhuma limitação a litros de azeite (não havia limitação, não há uma quantia, uma porção estabelecida). 

Lembra Jesus em Jo 3.34: “Deus não dá o seu Espírito por medida”, com limitação. 

Deus quer inundar a Igreja Central de unção! 

...você deve deixar! Alguns crentes funcionam como autênticos soldados do Corpo de Bombeiros. A mais pequena chama do Espírito que vêem acesa na igreja, apressam-se logo à apagá-la. A Bíblia diz para não extinguir o fogo do Espírito! 

Aprendemos também, que o azeite seria multiplicado milagrosamente. 
Isto é: pelo poder de Deus. 
Esta lição também é preciosa: pensamos que a técnica, a estratégia, o método, o momento, o local, podem produzir unção, derramamento do Espírito... 

Mas, isso é um milagre de Deus que o homem não pode manipular nem tampouco dominar. O pastor Cesar Castellanos, disse em conferência que "Hoje as pessoas querem receber a unção pela Internet, vídeo... mas a unção transmite-se por contato direto com Deus e com homens de Deus". 



Uma outra lição que nós podemos retirar desse episódio é que o azeite seria derramado sobrenaturalmente. 
Era algo incompreensível à mente humana. Nem hoje, nem amanhã, nem nunca, pela ciência, o homem poderá explicar como é que se multiplica azeite, pães, peixes...

Quando Jesus se encontrou com Nicodemos, ele disse que ação do Espírito Santo é um mistério. É somente pela fé que nós podemos aceitar a ação livre e soberana do Espírito Santo, nos enchendo a ponto de transbordar. 



Mais uma lição que nós percebemos neste episódio é que o azeite era para todos os vasos. 
Quantos vasos existissem naquela casa, quantos vasos estivessem ali disponíveis, seriam cheios pelo azeite que se multiplicava ilimitadamente. 

Sabemos também pelas Escrituras, conforme está em Joel 2.28, que Deus derramaria o seu Espírito sobre todos. Promessa da qual Pedro se recorda no dia de Pentecostes.

Assim, podemos ter a certeza de que o Espírito Santo é para todo crente. Para cada vaso, para cada servo de Deus. 

Um outro aspecto que nós destacamos é que o azeite era para o vaso todo.
Quando a mulher fosse enchendo os vasos, ela deveria enchê-los completamente (não poderia, nem deveria perder aquela oportunidade que estava ao seu alcance de encher o vaso completamente). 

Podemos também dizer com base na Palavra de Deus que o Seu propósito é de nos encher completamente do Seu Espírito Santo. Deus não quer nos dar um pouco, nem uma parte. Ele quer nos dar a plenitude do seu Espírito. 



Notemos ainda, que o azeite seria derramado à medida da disponibilidade dos vasos. 
Se a mulher tivesse vasos, que já estivessem com qualquer outra coisa, não seria possível enchê-los com o azeite.

Da mesma maneira, enquanto nós não nos esvaziarmos não será possível Deus nos encher com o óleo do Seu Espírito. Para que Deus me encha é preciso que eu esteja vazio de algumas coisas... 

Vazio de mim mesmo... Vaidade... Todo pecado (o pecado é a rachadura por onde a unção vaza)! 

Há também o problema das distrações, brincadeiras e conversas paralelas durante o culto – isto são verdadeiros "ladrões de unção". 



Finalmente, o azeite só parou quando todos os vasos estavam cheios. 
Da mesma maneira, o propósito de Deus, hoje, é de só parar de derramar do seu Espírito quando todos os vasos estiverem cheios. 
Atos 3.21 fala que este é um tempo “em que Deus restaurará todas as coisas”. 

Muitas vezes nós ficamos a pensar que Deus resolveu privilegiar alguns dando a eles um enchimento, um transbordar do seu Espírito. Mas Deus quer fazer isso a cada um dos vasos que fazem a sua igreja. 



Conclusão 
A palavra de Deus tem promessas maravilhosas para o povo de Deus, mas a maior delas é do poder que Deus coloca à disposição da sua igreja para realizar a tarefa que Ele nos deu. 

O mundo hoje requer uma igreja que trabalhe no poder do Espírito Santo. 

Às vezes, vejo a Igreja como a pessoa, que prefere empurrar o carro a colocar combustível nele. 

O Espírito Santo é o poder que move a Igreja a fim de realizar o seu ministério, sem Ele nos desgastamos desnecessariamente. 

Então, quer ser uma pessoa cheia do Espírito Santo? 
Saiba que o Espírito Santo está sendo derramado sem limites... 
Saiba que o Espírito Santo é derramado pelo poder de Deus, não pela manipulação... 
Saiba que o Espírito Santo é derramado sobrenaturalmente (sem ter como explicar)... 
Saiba que o Espírito Santo é derramado sobre todos... 
Saiba ainda que o Espírito Santo é derramado para encher completamente... 
Saiba que o Espírito Santo é derramado sobre os sedentos (“vazios”). 

031

A MOSCA NO PERFUME


Eclesiastes 10.1

“Assim como a mosca morta produz mau cheiro e estraga o perfume, também um pouco de insensatez pesa mais que a sabedoria e a honra”. 



Introdução 
Parece que o perfume é uma das artes mais antigas da humanidade.

Alguém dirá que perfumes são bobagens (alguns são até alérgicos)! Vão dizer: “O que importa é a beleza por dentro, é o bom cheiro interior... as pessoas não deveriam se preocupar com seu aspecto exterior”. 

Mas parece que o próprio Deus gosta de perfume. 

Gn 8:21, nós encontramos esta declaração. “O Senhor sentiu o aroma agradável e disse a si mesmo: Nunca mais amaldiçoarei a terra...”. 

No livro de Êxodo, quando vemos os preparativos para o Tabernáculo, a instituição dos sacrifícios, descobrimos que o próprio Deus pediu perfume: 

Ex 30.22-25: “...o Senhor disse a Moisés: Junte as seguintes especiarias: seis quilos de mirra líquida, a metade disso, ou seja, três quilos de canela, três quilos de cana aromática, seis quilos de cássia... e um galão de azeite de oliva. Faça com eles o óleo sagrado para as unções, uma mistura de aromas, obra de perfumista. Este será o óleo sagrado para as unções. 

Deus também pôs o perfume na natureza: 
Flores (rosa, dama da noite...). O cheiro de certas árvores: eucalipto, cedrinho... Sabia que entre os animais, algumas fêmeas, na época do cio, exalam um perfume para atrair o macho? ...pense no gambá-fêmea, por exemplo (bem aquele cheiro é perfume para o macho)!!

O gosto por perfume dos animais é diferente do nosso: Os Cães e gatos reservam seu território com o cheiro da urina (é por isso que o cachorro cheira cada poste: para saber quem é o dono daquele território). 

O mau cheiro desagrada (alguns são insuportáveis). 
Já teve a oportunidade de fazer uma longa viagem de ônibus com alguém que esqueceu de tomar um banho? 

Agora, o bom cheiro agrada! 


E o texto fala disto –uma arte antiga em Israel: a do perfumista. 

Ele está lá, com um recipiente grande de perfume. Caiu uma mosca, uma pequena mosca, na sua bacia, na panela de perfume. Mas ele não viu (o perfume precisa ficar um certo tempo para curtir). O homem descuidou e a mosca caiu, apodreceu – a pequena mosca estragou toda a panela de perfume! 

Interessante a Bíblia ter registrado isto: uma coisa tão pequena cai em algo grande, maior, e acaba todo o bom cheiro (na realidade, a decomposição da mosca, faz com que o perfume perca efeito). 

Interessante isto! Observe o que está por trás do texto: O pequeno, estraga o grande. O menor, acaba com o maior. O desagradável extingue o agradável. É o problema da mosca no perfume. 

Quando eu li este texto eu fiquei pensando em quantas vezes nós temos moscas no nosso perfume: 

...em quantas famílias que são seriamente prejudicadas, por uma pequenina mosca, que tem caído no recipiente de seu perfume, anulou o efeito. 

...e fiquei pensando em quantas vidas também, estão arruinadas, porque uma pequena mosca pousou sobre seu jarro de perfume e acabou com ele para sempre. 

Então, o Espírito de Deus me trouxe ao coração duas idéias, que eu gostaria de compartilhar com vocês nesta noite: 

A primeira idéia é esta... 

Tome cuidado com o poder das pequenas coisas que não prestam. 

Quem é que dá atenção à uma mosca morta? (um animal morto: cavalo, cachorro, ainda chama a atenção, mas uma mosca morta – quem dá atenção numa mosca morta? Para que serve, pequena e imprestável! 

...só que esta pequena mosca, dentro do vasilhame de perfume, estragou o muito. 

As pequenas coisas, esta é a lição, causam grandes efeitos. 

É isso é que Ec 10.1 diz logo à frente: “também um pouco de insensatez pesa mais que a sabedoria e a honra”. 

A pessoa tem uma vida inteira de honra e de dignidade (tem um balde de dignidade), mas uma mosca, uma pequena mosca de insensatez, arruína toda sua honra e toda a sua dignidade. 

A palavra traduzida por “insensatez” ou “estultícia”, é um termo hebraico que significa tolice.

A pessoa tem uma vida pautada por honra e dignidade toda a sua existência, mas por vezes, cinco minutos de tolice, só cinco minutos de tolice, são suficientes para arruinar a sua vida para sempre. 

E é verdadeiro isto: 

Podemos educar um filho por vinte anos, e cinco minutos de conversa com um traficante num banheiro da escola, porão abaixo os vinte anos de educação. 

Eduque uma moça dezoito anos, e cinco minutos de conversa com um sujeito malandro, atôa, poderão jogar os dezoito anos fora. 

Como é que um pouquinho, uma mosquinha só de tolice, de insensatez, pode arruinar uma vida inteira de dignidade? 

Veja só o relato de um homem (rei Ezequias), que é mostrado na Bíblia como um dos grandes reis de Israel. – veja como este homem teve um pouquinho só de tolice e como este pouquinho de tolice acabou com a sua vida: 

2Rs 20.12, encontramos este episódio na vida do rei Ezequias: “Naquela época, o rei da Babilônia, Merodaque-Baladã, filho de Baladã, enviou cartas e um presente para Ezequias, pois soubera da sua doença. Ezequias recebeu em audiência os mensageiros e mostrou-lhes tudo o que havia em seus armazéns: a prata, o ouro, as especiarias e o azeite finíssimo, o seu arsenal e tudo que havia em seus tesouros. Não houve nada em seu palácio ou em seu reino que Ezequias não lhes mostrasse. Então o profeta Isaías foi ao rei Ezequias e lhe perguntou: “O que esses homens disseram? de onde vieram”? Ezequias espondeu: “De uma terra distante. Vieram da Babilônia”. O profeta perguntou: O que eles viram em seu palácio”? Disse Ezequias: “Viram tudo em meu palácio. Não há nada em meus tesouros que eu não lhes tenha mostrado”. Então Isaías disse a Ezequias: “Ouça a palavra do Senhor: Um dia, tudo o que se encontra em seu palácio, bem como tudo o que os seus antepassados acumularam até hoje, será levado para a Babilônia. Nada restará, diz o Senhor. Alguns dos seus próprios descendentes serão levados, e eles se tornarão eunucos no palácio do rei da Babilônia”. 

E aí, Ezequias reconhece a tolice que fez, v.19: “Respondeu Ezequias ao profeta: Boa é a palavra do Senhor que anunciaste, pois ele entendeu que durante sua vida haveria paz e segurança”.

Ele recebe o inimigo, (hospeda o inimigo, põe o inimigo dentro da sua casa e abre a guarda). Mostra tudo que tem para o inimigo. 

E Ezequias não sabia que estava cavando sua própria ruína. 

O negócio dele era vaidade, ostentação: “A Babilônia é rica? Eu também sou rico, eu também tenho coisas para mostrar”. E não atinou que ele estava simplesmente despertando a cobiça dos seus adversários. 

Que tolice! Um homem sábio, justo, temente a Deus, mas, tolo. Um momento só de tolice estragou toda a sua vida! 

Amados: para nós fica uma advertência muito grande, que eu gostaria que vocês guardassem no coração: Por vezes, nós arruinamos a nossa vida por uma ninharia. 

Quanto casamento não foi destruído por cinco minutos de tolice? 

Quanto moço e quanta moça não se arrependeu para o resto da sua vida de cinco minutos de insensatez, de tolice? 

Quanto perfume jogado fora, por causa de uma pequena mosca? 

Cuidado com as pequenas coisas: 

Cuidado com o que você lê. 

Cuidado com o que você fala. 

Cuidado com o tipo de conversa que você gosta. 

Cuidado com certas amizades que deveriam ser cortadas logo no início. 

Esse é o poder das pequenas coisas que não prestam. Uma pequena mosca, insignificante, acaba com todo um vasilhame de perfume e para sempre. 

Esta foi a primeira idéia que me ocorreu: tomar cuidado com o poder das pequenas coisas que não prestam. 

Segunda: 




1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   19


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal