0037. Dmf. Ccs. Mt. 10. R. O. 11 VariaçÕes anatômicas da porçÃo terminal da veia retromandibular em humanos



Baixar 6.63 Kb.
Encontro21.10.2017
Tamanho6.63 Kb.

UFPB-PRG XIII Encontro de Iniciação à Docência

0037.DMf.CCS.MT.10.R.O.11

VARIAÇÕES ANATÔMICAS DA PORÇÃO TERMINAL DA VEIA RETROMANDIBULAR EM HUMANOS

George Lemos (2); Eliane Marques Duarte de Sousa(3); Luciana Barbosa Sousa de Lucena(3)

Centro de Ciências da Saúde/ Departamento de Morfologia/ MONITORIA

A veia retromandibular (VRM) é formada pela junção das veias: Temporal Superficial e Maxilar no interior da glândula parótida, ao nível de colo da cabeça da mandíbula, constituindo a principal via de drenagem das regiões temporal, infratemporal e áreas profundas da face, como as cavidades nasal e oral. Ela descreve um trajeto descendente, no interior da glândula parótida, paralelo a margem posterior do ramo da mandíbula, ocupando uma posição mais anterior e superficial em relação à artéria carótida externa, porém profundamente ao nervo facial. A morfologia da porção terminal da VRM se caracteriza por apresentar uma forte tendência a variações anatômicas, que difere conforme o indivíduo, o que propicia muita divergência na literatura. Considerando a relevância anátomo-cirúrgica do conhecimento dessa estrutura anatômica, esse estudo visou investigar as variações anatômicas da Veia Retromandibular em cadáveres humanos. Nesse estudo, foram utilizadas 07 hemi-faces de cadáveres humanos, fixadas em formaldeído a 10%, cedidas pelo laboratório de anatomia humana do Departamento de Morfologia da UFPB. Os espécimes selecionados eram de indivíduos adultos, e não foram considerados fatores como idade, sexo, grupo étnico ou biótipo. Foram realizadas dissecações das hemi-faces para estudar o trajeto da veia RM. Após a dissecação, foi realizado um protocolo descritivo de cada espécime examinado, bem como um desenho esquemático, e casos considerados típicos foram fotografados. Como resultado notou-se que em 03 hemi-faces, as veias Temporal Superficial e Maxilar se juntaram para formar a VRM que desembocou diretamente na Veia Jugular Externa (VJE). Em 01 hemi-face verificou-se a ausência da VRM, sendo que neste caso, a veia Temporal Superficial continuou para baixo, formando a VJE, e também recebeu a veia maxilar, formando uma segunda veia que seguiu para baixo e medialmente como uma veia JE anômala. Em 01 hemi-face a VRM, próximo ao ângulo da mandíbula, se dividiu em um ramo anterior e outro posterior, sendo que o ramo posterior recebeu a veia auricular posterior, formando a (VJE); e o ramo anterior continuou para baixo formando também uma espécie de VJE anômala. Em 01 hemi-face a VRM recebeu a veia auricular posterior e depois de um curto percurso juntou-se com a veia facial a altura do ângulo da mandíbula, formando a VJE. Em 01 hemi-face a VRM, a altura do ângulo da mandíbula, se dividiu em um ramo anterior e outro posterior, sendo que o ramo anterior se uniu a veia facial, formando a veia facial comum que drenou para a Veia Jugular Interna; e o ramo posterior recebeu a Veia Auricular Posterior para formar a VJE. Esses achados nos permitem inferir que a VRM, assim como a maioria dos vasos venosos da região cervical sofre variações anatômicas diversas que corroboram com dados da literatura e fornece subsídios relevantes para futuras investigações científicas.


Palavras chave: anatomia, veia retromandibular, dissecação cervical
: anais -> XIIENEX XIIIENID -> ENID -> MONITORIA -> TRABALHOS
TRABALHOS -> 0047. Dcos. Ccs. Mt. 10. R. P. 13 Aspectos tomográficos das anquiloses da atm
TRABALHOS -> 0047. Dcos. Ccs. Mt. 10. R. P. 19 Enxerto ósseo de tórus palatino em região anterior de maxila – relato de caso
TRABALHOS -> Escultura dental na reconstruçÃo de dentes anteriores fraturados
TRABALHOS -> Monitoria de odontologia em saúde coletiva: relato de experiência
TRABALHOS -> 0037. Dmf. Ccs. Mt. 10. R. P. 10 Uma abordagem histológica sobre o que é LÍngua pilosa
TRABALHOS -> Variações Anatômicas de Origem das Artérias Facial e Lingual
TRABALHOS -> Neurofibroma de nervo laringeo superior
TRABALHOS -> Implantação de um Banco de Dentes Humanos: Importância para as disciplinas pré-clínicas do Departamento de Odontologia Restauradora
TRABALHOS -> Protocolo de escultura dental em resina e amálgama para dentes posteriores
TRABALHOS -> Monitoria da disciplina de dentística clínica II: experiência e prática




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal